quinta-feira, 3 de maio de 2012

Wizards of the Coast vai relançar Dungeons!

A Wizards of the Coast parece que está querendo fazer um agrado ao pessoal do Movimento Old School ou está realmente resgatando o seu passado. Depois de anunciar o relançamento dos livros básicos de AD&D 1ª edição (e, ao que tudo indica, o relançamentos dos livros básicos do D&D 3.5), eles colocaram em seu catálogo de lançamentos futuros o jogo de tabuleiros Dungeons!

Esse jogo foi lançado, originalmente, em 1975, pela TSR, um ano depois de ter lançado o OD&D. O jogo parece em muitos aspectos como Dungeons & Dragons, principalmente as primeira edições, e consistem em uma masmorra de seis níveis onde os jogadores controlam aventureiros pelo tabuleiro matando monstros e recuperando tesouros. Quanto mais profundo o nível da masmorra, mais perigosos são os monstros lá e mais valiosos são os tesouros encontrados. O objetivo do jogo é retornar ao aposento inicial da masmorra com uma certa quantidade de tesouros estipulada nas regras.

Cada jogador escolhe uma classe para jogar e cada classe possui habilidades diferentes. O jogo teve algumas versões diferentes, sendo que na versão original haviam quatro classes: o heróis (um guerreiro mediano), o super-heróis (um guerreiro poderoso), o elfo (que funcionava como um explorado) e o mago (que lançava magias). Cada classe, dependendo dos seus poderes precisava acumular maior ou menor quantidade de tesouros para vencer, mantendo o jogo equilibrado. Outras versões traziam seis classes: Guerreiro, Elfo, Anão, Mago, Paladino e Ladrão. Cada uma das classes com habilidades específicas e requisitos para ganhar o jogo.

Cada nível da masmorra tinha cartas de monstros e tesouros que eram colocados aleatoriamente em cada aposento, deixando o conteúdo de cada um uma surpresa a ser descoberta pelos exploradores. Algumas cartas de monstros não eram monstros propriamente ditos mas armadilhas e outros obstáculos. As cartas de tesouros variava de acordo com o nível da masmorra, e itens mágicos alteravam algumas regras do jogo.


Assim como acontecia com a maioria dos jogos dessa época, jogadores criavam diversas "regras da casa" para o jogo, como classes novas, maneiras diferentes de mover as peças, novos itens mágicos, novos monstros entre outras coisas.

Eu não sei vocês, mas eu estou ansioso para colocar as minhas mãos nesse jogo clássico e muito feliz de ver a Wizards of the Coast colocando o seu acervo de grandes jogos de volta na rua. Quem sabe não vemos mais coisas legais vindo por aí (torcendo por um rules cyclopedia e uma caixa com os livros da edição do Moldvay)!

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.