segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Vem aí, Espadas Afiadas & Feitiços Sinistros!

O blog pode parecer parado mas, na verdade, estamos nos movendo mais rápido do que seus olhos conseguem perceber!

Brincadeiras a parte, a verdade é que parece que estamos tendo uma certa mudança sobre como estamos produzindo material atualmente. Talvez influenciado pela cultura dos Zines e do espírito "Faça Você Mesmo" (Do It Yourself – DIY), tenho passado mais tempo tentando criar coisas mais palpáveis, sólidas e que possam ser desfrutadas mais completamente por todo mundo. Depois do zine Caveira Velha #0 (que você ainda pode adquirir aqui), um novo projeto surgiu e está prestes a ser terminado!

Espadas Afiadas & Feitiços Sinistros


Inspirado pelas histórias de autores como Robert E. Howard, Clark Ashton Smith, Lin Carter, Fritz Leiber, Michael Moorcock, H. P. Lovecraft e outros, assim como pelo jogo de fantasia original e as diversas reinvenções, reinterpretações e hacks da Old School Renaissance (OSR), vem aí um jogo de RPG de Espada e Feitiçaria com regras leves, rápidas e bastante flexíveis.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Zine Caveira Velha #0 - Compre Já!

Voltamos do World RPG Fest 2016, um dos pequenos grandes eventos de RPG do nosso país! Esse ano o evento rolou em uma universidade e foi bem mais organizado do que o do ano passado. Mas a grande novidade da gente sobre o evento foi mesmo o lançamento da edição inaugural, número ZERO, do nosso zine focado em Dungeon Crawl Classics RPG, o Caveira Velha!

Impresso em papel pólen, com interior preto e branco e capa cartonada, esse zine de 16 páginas trás material inédito e ilustrações Old School para fazer o seu Jogo Rápido da New Order render ainda mais. Todo o material desta edição é voltado para aventuras de nível zero, as famigeradas aventuras funil, e foi criado ou por mim (Diogo Nogueira) ou pelo meu amigo Rafael Balbi! Segue abaixo uma relação do conteúdo da zine:

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Jogo Rápido do DCC RPG e Supresa pro WRPGF

Finalmente! Depois de longa espera, pedidos, protestos, cartas para Papai Noel, invocações de Cthulhu e a morte de muitos níveis zero, a editora New Order resolveu liberar o PDF do Jogo Rápido do Dungeon Crawl Classics RPG (DCC RPG) para dowload!

Ao que parece, havia um certo temor de que se liberassem o PDF cedo demais a empolgação com o jogo morreria. Obviamente, eles não conhecem o DCC RPG. Uma vez que você joga esse jogo, sua empolgação com ele só tende a aumentar. Eles não passaram pelo funil.

Enfim, quem quiser pegar essas belezinha, imprimir em casa e se divertir, é só ir neste link aqui: http://newordereditora.com.br/loja/rpg/dcc-jogo-rapido/

O livreto contem todas as regras básicas necessárias para você jogar aventuras de nível zero com seus amigos e começar a grande jornada de aventuras que é o Dungeon Crawl Classics RPG! Para quem não sabe, nesse jogo, você começa no nível zero mesmo. Saiba mais sobre isso aqui.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Trazendo RPGs (e outros jogos) na sua Mala

Só deu para trazer isso da GENCON...
A GENCON acabou há alguns dias e, como não podia deixar de ser, eu trouxe muitas coisas de lá. Muitos e muitos livros de RPG, alguns Board Games e poucos Card Games. Minha ideia indo para lá foi de comprar o máximo que pudesse para economizar o frete e aproveitar a isenção de 500 dólares vindo de lá. Levei só o necessário de roupa e outras coisas a usei todo o meu limite de bagagem, peso e de dólares para trazer o que eu queria. Quer dizer, na verdade a GENCON é onde você compra mais coisas do que queria, porém menos coisas do que gostaria.

Essa postagem, então, é para tirar algumas dúvidas que vi colegas tendo sobre o que você pode ou não trazer em termos de jogos lá de fora. Como tudo é tributado? O que fazer para não precisar pagar impostos e coisas assim, tudo dentro da lei, até porque sou caxias pra caramba. Os dados e referências utilizados são para viagens internacionais para os Estados Unidos e voltados para compra de jogos de mesa (livros de RPG, Board Games e Card Games).

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Suspendendo a Imersão


Quando seus jogadores estão sentados nas pontas das cadeiras, se imaginando na pele de seus personagens, suando frio com a descrição da aventura, eles estão imersos no jogo. Muitos falam na imersão como o ápice da diversão, o máximo do teatro da mente, onde todos vivenciam aquela realidade construída em conjunto de forma completa.

Não é fácil chegar neste clima nem mantê-lo por muito tempo, mas será há momentos em que seja desejável o contrário: suspender a imersão?

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Iniciativa: Quando Rolar?

A iniciativa funciona como uma etapa do combate ou da sequência de ações, que precisam ser ordenadas para serem declaradas e resolvidas. No D&D, por exemplo, costumam agir primeiro os personagens mais rápidos e que tem bonus de agilidade.

Ao passo que organiza a cena, a iniciativa às vezes emperra um pouco o jogo, você já deve ter notado, visto que muitas vezes interrompe o inicio de uma cadeia de ações, suspendendo a imersão durante algum tempo. Quando rolar iniciativa, então?


terça-feira, 26 de julho de 2016

Está na hora de conhecer Lamentations of the Flame Princess

Quanto tempo, não é? Pois é. Ando bastante ocupado com os preparativos para a GENCON deste ano e escrevendo algumas coisas para DCC RPG. Mas hoje eu venho com uma mensagem muito importante para você que procura alguma coisa nova, interessante e fora da mesmice que permeia o mundo RPGístico moderno: CONHEÇA LAMENTATIONS OF THE FLAME PRINCESS!

Para quem não sabe, o Lamentations (LotFP) é um RPG da escolha Old School, parte da OSR, mas que tem uma abordagem de temas bastante adulta, inovadora, com um foco em horror, fantasia estranha e fantasia histórica. Ah, sim. E totalmente sem censura. A ideia do criador, o genial James Edward Raggi III, é que se essa história de aventureiros adentrando masmorras antigas e esquecidas, lugares proibidos, cheios de monstros e com tesouros enterrados fosse real, isso seria extremamente perigoso. Só loucos fariam isso. Afinal, se fosse fácil, não haveriam mais tesouros lá, não é?