quarta-feira, 4 de março de 2015

A criação de personagens no Dungeon Crawl Classics RPG

Uma espada ensanguentada cria uma aventureiro rico...

A frase acima resume bem o processo de criação de um personagem no Dungeon Crawl Classics RPG (e é a frase de introdução do capítulo de combate do livro de regras). Diferente de outros jogos em que a criação de personagens é feita inteiramente fora do jogo, tomando uma boa parte do tempo das sessões, o DCC RPG opta por uma abordagem anacrônica e faz você gastar o menor tempo possível longe da mesa de jogo, criando apenas os alicerces mais básicos do personagem e deixando ele ser criado e moldado pela experiência da aventura que ele se insere.

Os personagens começam nesse jogo com apenas o mínimo necessário para embarcar em uma aventura mortal e emocionante. Eles ainda não são guerreiros, magos, clérigos, ladrões ou qualquer outra coisa. Eles são como eu ou você, pessoas comuns, com profissões comuns mas com um diferencial, coragem para deixar essa existência patética para trás e arriscar suas vidas em uma aventura e, quem sabe, sair de lá maiores do que entraram. Em termos de jogo você, basicamente, só gera valores aleatórios para os seis atributos bases (Força, Agilidade, Vigor, Personalidade, Inteligência e Sorte), determina sua ocupação antes de partir em busca de aventuras (coisas como coveiro, coletor de impostos, soldado, sapateiro, elfo navegador, halfling cigano, anão caçador de ratos) e uma peça de equipamento aleatória. Obviamente você ainda escolhe o nome do personagem e seu alinhamento, mas é basicamente só isso.

segunda-feira, 2 de março de 2015

Jogada de Proteção de Carteira - Financiamentos e Pré-Vendas de RPG (Março de 2015)!

O mês de março está começando e estamos deixando para trás aqueles meses em que ralamos para pagar as contas de final de ano e os impostos de começo de ano. Talvez, agora, sobre alguma grana para investir em alguns joguinhos né? Hoje em dia o que não falta são opções de RPGs legais que estão saindo por aí, desde livros básicos, até suplementos e cenários.

A postagem de hoje vai ser bem rapidinha, trazendo algumas coisas interessantes que estão disponíveis para compra, pré-venda ou em financiamento coletivo tanto por aqui, como lá fora (que você pode ter acesso com um cartão internacional). De maneira nenhuma tenho a pretenção de fazer uma lista completa, apenas quero chamar atenção para aquilo que mais me interessou e que, possivelmente, eu mesmo vou investir uns trocados (se minha esposo deixar, claro).

domingo, 1 de março de 2015

Reporte de Campanha - Caçadores de Emoções no DCC RPG - Sessão 10


Depois de um hiato de 1 semana, voltamos com o jogo de Dungeon Crawl Classics RPG na segunda passada. Na 9ª sessão, nós paramos quando o grupo voltava para a casa abandonada na parte em ruínas de Punjar e se viam cercados pelas criaturas que viram nas jaulas debaixo da casa do Curwen. Eram pequenos monstros humanóides, mais ou menos do tamanho de crianças de uns 12 anos, com pele acinzentada, cheia de pequenos espinhos, olhos amarelos, dentes afiados e pareciam extremamente ágeis. Eles apareceram escalando as paredes e o teto ao redor do grupo.

O combate começou com o clérigo de Ulesh, o deus da paz (que a gente não sabe ainda direito o que ele faz com um grupo tão caótico, talvez tentando inserir um pouco de razão no seu meio) tentando usar sua habilidade de espantar hereges. Para quem não sabe, no DCC RPG, clérigos não afugentam apenas mortos-vivos, mas todo tipo de criatura contrária ao ethos de sua fé, e no caso dele, um sacerdote ordeiro de um deus da paz, essa criaturas caóticas, demoníacas, que comem carne humana, certamente seriam afetadas. Em meio ao caos do combate e devido à escuridão, eles não sabiam exatamente quantos deles estavam atacando, mas era nítido que o bando passava de 10 indivíduos. Invocando seu deus, o personagem conseguiu afugentar os 4 mais próximos a ele, que cerraram os olhos quando viram o símbolo sagrado de Ulesh brilhar forte como o sol.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Anais de Bristari - Kæl'Thuir é um mundo antigo


Nos anais da Ancestral Cidade de Bristari estão registrados textos filosóficos e históricos sobre a origem de Kæl'Thuir, seus povos e seus segredos. Na biblioteca da Ordem dos Escribas, volumes antigos em línguas praticamente esquecidas contam histórias que misturam verdades e lendas sem que possamos identificar que parte e qual. Um desses tomos, Auhn e a Criação, conta a história da origem do mundo de Kæl'Thuir.

Antes da tudo, só existia Auhn, o Primeiro. Ele era, ao mesmo tempo, o tudo e o nada, o caos e a ordem, o bem e o mal. Auhn dominava todo o cosmos, em seu eterno estado de existência e inexistência, durando uma eternidade ou um breve instante. Mas se Auhn era apenas um elemento, ele era sozinho e, após milênios e solidão, ele decidiu que estava na hora de ter companhia.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

O Mundo Partido de Kæl'Thuir - Zine Nacional para Dungeon Crawl Classics RPG

Eu sempre falei por aqui e para qualquer pessoa que me perguntasse sobre trazer o Dungeon Crawl Classics RPG para o Brasil que se isso ocorresse eu iria publicar um zine, nos moldes dos que saem lá nos EUA (Crawl!, Crawljammer, Crawling Under the Broken Moon, Metal Gods of Ur-Hadad), por aqui. Agora que já está certo a chegada desse livrão, chegou a hora de pensar em como será esse zine e que tipo de material eu irei publicar nele (e que aceitarei envio de material para sair nele também, em troca de edições gratuitas).

Para quem não conhece, esses zines são revistinhas caseiras, em formato de A5 (um A4 dobrado ao meio), impressas em casa ou em uma impressora a laser, em preto e branco, com uma capa em papel colorido, que traz material criado por fãs do jogo (não é um produto OFICIAL, embora seja licenciado). O objetivo é criar e distribuir material de apoio (como aventuras, classes extras, regras opcionais, magias, NPCs, monstros, itens mágicos e muito mais) no estilo "faça você mesmo" clássico Old School e com um preço acessível, estimulando que mais pessoas produzam material do tipo e contribuam. Com a que eu farei, não será diferente.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Aventuras nos Planos Elementais

Muitas vezes quando lemos em um livro de RPG sobre viagens extra-planares para os planos elementais e cogitamos criar aventuras por lá, temos algumas dificuldades em imaginar cenários interessantes e cativantes paras nossos jogos. Afinal, são "mundos" feitos de apenas um elemento certo? Não há muita variedade em uma grande bola de fogo, sem falar que há poucas chances de alguém sobreviver por ali.

Bem, não é necessariamente dessa forma. Da mesma forma que adaptamos ambientes hostis para podermos habita-los, outras criaturas e seres podem adaptar parte dos planos elementais para habita-los ou mesmo receber visitantes de outros planos. Para jogos em que viagens entre planos seja algo mais comum (ao menos para os personagens dos jogadores), como no Dungeon Crawl Classics RPG, pensarmos em como essas coisas podem acontecer e criarmos cenários que envolvam os planos elementais pode ser interessante. De modo a ajudar no fluxo de ideias, separei os planos elementais em suas categorias e listei algumas possibilidades e fontes de inspiração que podem ser buscadas.

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Imprimindo seus RPGs na Lulu.com - Tutorial

A tecnologia dos dias de hoje nos deu a possibilidade de termos, praticamente, todos os nossos livros de RPG guardados em um tablet leve e de fácil manuseio. São centenas e centenas de manuais que tomariam o espaço de várias estantes cheias guardadas em um HD pequenininho ou num pendrive, né? Sensacional. Mas sinceramente, nada substitui o livro físico ainda, pelo menos para mim.

E essa mesma tecnologia mágico, hoje, nos permite imprimir livros com qualidade quase profissional em pouquíssimas unidade a preço acessível. Ou seja, podemos pegar os PDFs que temos, até mesmo de livros raros e antigos que custariam uma fortuna para comprar, e imprimi-los em capa dura, novinhos em folha, para usarmos em nossas mesas! No site Lulu.com, por exemplo, você pode imprimir livros de capa-dura, capa mole, encadernação canoa, tanto coloridos como em preto e branco! Acontece que muita gente ainda tem dúvida sobre como fazer isso, e esta postagem é justamente para ajudar vocês a imprimir seus próprios livros lá!

Para ilustrar esse tutorial, resolvi criar o projeto para imprimir uma cópia nova do D&D Rules Cyclopedia para mim. Tudo de maneira legal. Eu comprei este PDF aqui oficial no dndclassics.com e vou imprimi-lo em uma versão física só para mim.