sábado, 14 de novembro de 2015

Resenha – Vornheim – Cidades instantâneas para sua mesa de jogo

Há algumas semanas eu publiquei por aqui a resenha de uma aventura / cenário / suplemento escrito pelo Zak Smith do Playing D&D with Pornstars chamado A Red and Pleasant Land. Trata-se de um livro feito para se jogar uma campanha aberta em uma região estranha, inspirada na história de Alice no País das Maravilhas e Drácula, mas com uma boa dose de horror, característico das aventuras para Lamentations of the Flame Princess.

Hoje venho falar de um livro escrito pelo mesmo autor lançado anteriormente e que foi reimpresso recentemente (ainda bem, porque os preços dele usado eram exorbitantes): Vornheim – The Complete City Kit! O título é bem apropriado ao conteúdo desse pequeno tomo de pouco mais de 70 páginas em formato A5, capaz de suprir um jogo de fantasia ambientado em uma grande cidade de mais coisas que um livrão de 200 páginas detalhando uma metrópole fantástica em detalhes.

Para começar, dando uma ideia da quantidade de material e utilidades que este livro traz para os mestres, a capa e a guarda do livro são tomadas por tabelas e geradores de conteúdo, NPCs e outras coisas para facilitar a condução de encontros no jogo. Mas o texto de Vornheim começa mesmo na página 2 com uma pequena introdução em que o autor explicou suas intenções com o livro. Como ele diz, o objetivo do mesmo não é fornecer uma cidade pronta cheia de detalhes para que mestres se enrolem decorando todos eles para a mesa de jogo, mas um conjunto de ferramentas que permita eles tornarem essa cidade viva, dinâmica espontânea, ainda que mantendo certas peculiaridades, personagens e locais importantes.

A primeira metade do livro, então, traz algumas informações mais sólidas sobre Vornheim, como sua localização em um cenário de campanha do autor (com pequenas notas sobre locais próximos), informações e mapas de locais onde importantes na cidade como exemplos (locais estranhos e que dão bons focos de aventuras), personalidades da cidade e suas influências e papeis, costumes e tradições exóticas, organizações, superstições e outras pequenas coisas. Tudo de forma bem solta e sem prender isto em um mapa, permitindo que o mestre de jogo coloque esses elementos onde desejar em seu jogo. Lembrando que se trata de uma cidade escrita por Zak Smith para Lamentations of the Flame Princess, então espere coisas bem estranhas e diferentes.

A segunda metade do livro, na minha opinião, é o que o torna tão valioso. Nesta parte o autor traz uma porção de dicas, técnicas e tabelas para que o mestre conduza aventuras dentro da cidade sem necessariamente ter preparado nada. Isto inclui desenhar mapas de ruas, localização de bairros, encontros pela cidade, NPCs, “missões”, relações entre os NPCs, localização dos locais que procuram, leis da cidade, previsões de sorte e como isto pode afetar os personagens (tipo um cigano lendo a sua mão), contatos, preço de objetos de qualquer tipo sem consultar tabelas, coisas que se encontram em um corpo na rua, luta de facções, tavernas e jogos e muito mais.

Efetivamente, um mestre de jogo pode pegar Vornheim e conduzir uma campanha dentro dela sem preparar quase nada (ou mesmo nada) com antecedência e deixar que os próprios jogadores explorem a metrópole a medida que ele a vai criando sobre demanda. E o melhor de tudo: você pode usar e adaptar todas essas ferramentas em qualquer cidade de sua criação!

Ou seja, Vornheim – The City Kit é um livro quase obrigatório para quem quer conduzir campanhas de fantasia ambientadas em grandes cidades. Com apenas poucas páginas, este tomo consegue fornecer mais elementos que muitos guias detalhados de cidades já escritos! Você pode encontrar Vornheim tanto em formato digital aqui, ou impresso na loja do Lamentations of the Flame Princess (mas corre pra comprar antes que acabe de novo).

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.