quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Deixando seu Mundo mais interessante - Maravilhas


Há alguns dias eu publiquei por aqui algumas postagens sobre como dar mais vida ao seu cenário de jogo com coisas mundanas como tradições, costumes e eventos. Hoje vou tomar um caminho diametricamente oposto, falando de como deixar seu mundo mais rico e interessante inserindo elementos fantásticos e misteriosos.

Em nosso próprio mundo, existem monumentos, locais e ocorrências que chamamos de maravilhas. São coisas tão extraordinárias, grandiosas e únicas que se tornam famosas e, por que não, lendárias no mundo todo. Eu nunca vi a Muralha da China com meus próprios olhos, mas sei de sua existência, magnitude e de que ela é a única construção humana possível de ser vista do espaço! Se nosso mundo, que não possui magia, civilizações não-humanas fantásticas, e tantas outras coisas que os mundos de jogo possuem, contém tais maravilhas, por que nosso cenário de campanha não teria?

Tais maravilhas podem ajudar a deixar seu mundo de jogo mais fascinante e vivo, mesmo que os personagens jamais ponham os olhos sobre tais elementos (aliás, é até legal existir tais lugares fantásticos e lendários que os jogadores ouvem falar mas nunca chegam a ver). Isso dá a impressão de que o mundo é muito maior do que eles conseguem ver e que há uma história antiga, além da compreensão deles. O mundo não existe apenas ao redor e em função deles, mas os cerca e os fascina.

Para criarmos essas maravilhas para nossos cenários, podemos nos basear naquelas que conhecemos de nosso mundos ou inventar novas totalmente únicas e apropriados para nosso mundo de jogo. Em um mundo em que a magia, o fantástico e entidades sobrenaturais tem influência real, a possibilidade que esses elementos de cenário trazem são quase ilimitadas. Algumas perguntas que ajudam na criação destes elementos seguem abaixo.

O que é a maravilha?
O que é a maravilha? É uma construção grandiosa e antiga? É um monumento natural de proporções inimagináveis? É um evento cósmico que acontece a cada cem anos e deixa todos aqueles que o vislumbram estupefados? Deixe claro do que se trata a maravilha. Ela é uma estátua gigantesca de um antigo Rei no meio do deserto? Ou uma única e singela árvore feita de cristal indestrutível no meio da mais antiga floresta do mundo? Certifique-se que a maravilha seja algo único, diferente e digno de nota.

Por que ela é uma maravilha?
O que torna maravilha tão especial e única? Talvez a construção seja tão magnífica, grande e perfeita que nenhum povo no mundo seria capaz de construí-la. Talvez ela é tão antiga que nenhum povo saiba quem a construiu. Ela pode ser um monumento natural único e diferente, como uma grande cratera no meio do oceano para onde toda a água escorre. Pense em como ela é especial e qual o impacto dela na percepção de mundo dos habitantes do seu cenário. Ela é grande demais? Perfeita demais? De um material totalmente desconhecido? Impossível de se reproduzir? Só ocorre uma vez a cada 500 anos?

Quem a construiu?
Essa informação pode permanecer um mistério para os jogadores e, muitas vezes, é ideal que permaneça assim, para que eles tenham a sensação de que o mundo é maior e mais antigo do que a percepção deles consegue alcançar. No entanto, o mestre pode querer definir quem criou ou construiu a maravilha. Isso ajuda ele a definir a utilidade e o objetivo que o criador tinha quando fez a maravilha. Esta informação pode ser o objeto de uma aventura inteira até. Pode ter sido uma civilização antiga e alienígena, um deus esquecido, um grande cataclisma no passado longínquo...

Com que propósito ela foi construída?
Mais uma vez, essa informação não precisa ser dada aos personagens, nem ser clara ao resto do mundo, embora possa ser interessante que eles descubram o propósito da maravilha ao longo do jogo, possivelmente durante uma aventura. Normalmente, as maravilhas são criadas com um propósito mundano, como demonstrar poderio, agradar o ego de um monarca importante, apaziguar um deus ou coisas assim. No entanto, em um mundo de fantasia, o propósito de tais elementos podem ser coisas mais impressionantes, como por exemplo um gigantesco obelisco que é, na verdade, uma nave espacial; uma gigantesca estátua que pode ser animada para defender o reino; um grande portal que leva a outro mundo; uma árvore de cristal que armazena o espírito de centenas de druidas de eras passadas. Pense em um propósito único, diferente e fantástico para as maravilhas do seu mundo, e elabore um jeito de inserir esse propósito na campanha!

O que se sabe sobre ela?
Essa é uma das minhas partes favoritas. O que os habitantes do mundo sabem sobre a maravilha? Lendas, rumores e boatos sempre envolveram tais locais, objetos e eventos fantásticos. A maioria deles não será verdade, mas poderá ser baseado em uma verdade antiga que já se perdeu na história. Pense na origem da maravilha, em seu propósito, em seus criadores e distorça essas informações para criar rumores e lendas. Pense também na aparência e impressão que a maravilha causa nas pessoas que a vislumbram e crie rumores a partir daí. Uma gigantesca estátua que na verdade é uma tumba de um antigo Rei-Bruxo pode ter lendas dizendo que na verdade se trata de um gigante petrificado, de uma estátua viva que retornará ao mundo quando as estrelas estiverem alinhadas na ordem correta e por aí vai.

Ela tem alguma importância na campanha?
Qual o papel da maravilha na campanha? Isto é mais específico que o seu propósito no cenário de campanha, pois o mestre deve pensar em como ele vai utilizar a maravilha durante o jogo. Algumas, senão a maioria das maravilhas, será apenas pano de fundo do jogo, servindo para dar a impressão aos jogadores de que o mundo é antigo, rico e misterioso, e isso é ótimo. No entanto, algumas maravilhas podem ter um papel importante na campanha de jogo. Talvez algum segredo antigo que os personagens precisam descobrir esteja escondido em uma delas. Talvez a única maneira de impedir que o maligno deus antigo desperte seja utilizando o poder mágico da Torre de Marfim no meio do Deserto da Perdição.

Como ela se relaciona com o jogo?
Sabendo do papel da maravilha no jogo, como ela se relaciona com as regras. Que efeito ela tem? Idealmente, tal elemento único e fantástico pode e deve impactar as regras de alguma forma. Talvez ela dê bônus para certo tipos de ação, permita que os personagens tomem algum tipo de ação que eles não poderia realizar sem ela, invoque alguma criatura poderosa, permita o contato com entidades sobrenaturais, libere o acesso dos personagens a opções de personagens que não estavam disponíveis antes (como uma nova raça, classe, ou coisas assim). Pense na importância e poder da maravilha e o impacto que ela teria no jogo. Sendo algo único, misterioso e de difícil compreensão, os efeitos não serão singulares. Tão importante quanto isso, pense nas consequências da utilização das mesmas. Uma maravilha criada por alienígenas pode ter consequências graves quando utilizada por humanos normais.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.