quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Se curando da ressaca de ser Mestre

Atualmente eu mestro em duas campanhas regulares (uma de Dungeon Crawl Classics RPG e uma de Star Wars da FFG) e jogo na mesa de DCC RPG do pessoal do Metal Gods of Ur-Hadad, sem falar nas mesas que rolam de vez em quando em encontros e o DCC On-Demand (aliás, tive um pedido de última hora para mestrar esse sábado). Acho que nunca mestrei tanto RPG como estou mestrando agora, nem quando eu era adolescente e tinha tempo de sobra.

Eu adoro fazer isso mas tenho que admitir que dá bastante trabalho preparar tudo para essas mesas, fichas, anotações, aventuras, arrumar a casa, pensar em NPCs e tudo mais. Às vezes você fica dias e dias preparando uma aventura ou cenário para, em poucas horas utilizar todo o material e, daqui a pouco dias, ter que preparar mais coisa para a próxima sessão ou jogo. É quase um segundo emprego, mas um que você gosta bastante.

Não é incomum, porém, você encontrar pessoas que estão cansadas de ser mestres ou sobrecarregadas com essa atribuição. Depois de passar um ano mestrando mesas atrás de mesas constantemente, às vezes me pego querendo dar uma pausa, pedir um tempo na relação ou evito de ir em encontros de RPG (ou até torcendo para chegar lá e não ter jogador suficiente). Mas isso é passageiro e tem curo. Há algumas coisas que podemos fazer que nos ajuda a superar essa fase de "ressaca" e até nos inspira e nos ajuda a melhorar como mestres.

Use material pronto: Uma das primeiras soluções imediatas é usar material pronto que poupe seu tempo e te dê menos trabalho (sempre dá um pouco, já que você tem que ler o material, adaptar algumas coisas para funcionar com o seu grupo e tudo mais). Além de dar uma pausa no seu ritual de preparação, esse material pronto pode te dar várias ideias, inspirar novas coisas, dar uma variada no seu estilo de jogo e te mostrar como fazer coisas que você não costuma fazer.

Jogue ao invés de mestrar: Outra opção é sair temporariamente do trono do mestre e se sentar com a plebe para jogar também. Talvez alguma outra pessoa do grupo possa assumir o papel de mestre temporariamente ou você passe a frequentar encontros de jogadores de RPG que acontecem na sua cidade. Ainda há a possibilidade de jogar pela internet com tantos grupos que fazem isso. O lance é sair de trás do escudo e passar para o lado de lá, onde você continua jogando mas de um ângulo totalmente diferente e refrescante. É necessária uma dedicação menor e menos tempo de preparo. É uma boa maneira de dar um tempo sem se afastar muito.

Leia um livro, assista um filme: Ocupe sua cabeça com outras coisas e não respire só conteúdo de jogo. Leia livros, veja filmes, assista seriados de temas variados. Uma época de minha vida que eu estava me dedicando muito a coisas sérias demais eu tive que abdicar de jogar ou assistir qualquer coisas mais séria e tensa pela minha sanidade. Eu só assistia comédias e coisas assim. Isso ajuda a curar a fadiga do nosso cérebro e nos permite variar um pouco nossos estímulos.

Jogue outros jogos: Depois de terminar uma aventura, peça para fazer uma pausa na campanha e joguem outra coisa. Pode ser um board game sem compromisso (há vários board games que cabem perfeitamente para um grupo de RPGistas, como Lords of Waterdeep, por exemplo), um jogo de cartas para descontrair (Munchkin, Fluxx, Coup, The Resistance), ou mesmo outros RPGs que fujam um pouco do tema da atual campanha. Umas One-Shots de jogos que você sempre quis jogar podem ajudar bastante um mestre que está se sentido meio encalhado e sem ideias para sua campanha atual.

Faça outra coisa empolgante: Outra forma de dar um descanso para cabeça e absorver outros estímulos é fazer outras coisas não relacionadas a jogas que te animam e te empolgam. Viajar um final de semana, fazer caminhadas, surfar, sei lá. Procure esvaziar a cabeça com uma atividade que te distancie das masmorras, dragões e tudo mais que seu jogo representa. Essa é outra boa maneira de dar uma lavada na cabeça e deixar ela pronta para os jogos futuros!

Olhe arte: Uma boa fonte de inspiração para mestres que estão se sentido sugados, sem ideias e sobrecarregados para continuar seus jogos são as artes e ilustrações de diversos artistas. Tal como contos e outras formas de literatura, a arte é capaz de transmitir ideias fantásticas em poucos olhares. Dê uma olhada em sites com bastante imagens com temas que te interessem, como DeviantArt, Tumblr e outros.

Tire um tempo pra você: Se tudo mais falhar, tire umas "férias" dos jogos. Fale com eu grupo que você está um pouco cansado e precisa tirar um tempo para recarregar as energias, decorar as magias do grimório de novo e que volta pro jogo em algumas semanas. As vezes um mês é o suficiente e pode funcionar como umas férias pro grupo todo. Quando voltarem, estarão prontos pra mais e cheios de ideias novas!

De maneira geral, a principal maneira de se curar da "ressaca de mestre" é dar uma variada no que você está fazendo. Repetição leva a fadiga e a lesões, por isso sempre separe um tempo para fazer outras coisas e descansar.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.