sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Locação Instantânea - Poções, Pomadas e Pós de Ardilius

Demorou mas aqui está a segunda Locação Instantânea. No intuito de proporcionar mais material de jogo utilizável para todo mundo, comecei uma série de postagens chamada "Locação Instantânea", onde pequenos artigos descrevem um local interessante para jogos de RPG que possam servir de inspiração e ponto de partida para outras coisas.

Cada entrada descreverá um local brevemente, de modo a torná-lo facilmente inserido em cenários diversos, com personalidades, curiosidades e acontecimentos. Alguns podem servir como pequenas aventuras, outras como uma base de operações ou, simplesmente, locais de interesse. Já tivemos a Taberna do Olho Dourado, e hoje é dia de apresentar a pequena e excêntrica loja do alquimista Ardilius, um fornecedor de fórmulas para vários usos, desde simples remédios para dor de cabeça até poções capazes de aumentar a concentração de feiticeiros.

Pós, Poções e Pomadas

Localizada em uma cidade de tamanho considerável, em um distrito reservado para aqueles mais abastados e com dinheiro para gastar com supérfluos, a loja Pós, Poções e Pomadas atende uma clientela selecionada em busca de remédios, soluções rápidas e, até mesmo, entorpecentes.

A loja, localizada em uma casa de dois andares tem uma estrutura de granito, piso marmorizado e diversos balcões lotados de pequenos frascos com pós, ervas, pomadas, líquidos. Aqui, pessoas procuram por diversas coisas, como repelentes para insetos e mau olhado, cremes de rejuvenescimento e embelezamento (maquiagem), estimuladores e outras coisa mágicas, a maioria que não funciona de verdade mas acaba tendo um efeito psicológico em seus usuários. No entanto, as mercadorias mais procuradas da loja e o serviço mais utilizado são as ervas entorpecentes e os narguilês dos aposentos privativos do segundo andar.

Frequentado por ricos comerciantes, nobres decadentes e outros com o dinheiro necessário para se deliciar com as ervas que alteram os sentidos e permitem experiências extra-sensoriais, o estabelecimento é uma ótima fonte de informações e traz grande influência para Ardilius. O alquimista fica sabendo de fofocas e intrigas que acontecem nos bastidores das grandes famílias locais e principais casas comerciais e utiliza isso para trocar favores e até vender informações a quem procura por elas.

Sendo assim, além de um bom informante quanto aos acontecimentos nas camadas mais elevadas da cidade, Ardilius pode vender informações sobre itens valiosos e fortunas que alguns do membros mais esnobes possuem. Um grupo de aventureiros empreendedores pode tirar bom proveito dele, desde que esteja disposto a pagar um preço ou, quem sabe, fazer alguns trabalhos para o alquimista.

Apesar de parecer um charlatão que vende pomadas com cheiros estranhos e cores falsas, Ardilius é um pesquisador e uma espécie de feiticeiro alquimista. Ele, no entanto, não fornece as fórmulas mais poderosas que possui para qualquer um, e necessita de ingredientes raros e provenientes de lugares longínquos para preparar suas fórmulas, aí que entram os personagens dos jogadores. É claro que, no entanto, ele não poderá lidar com esses indivíduos pouco respeitáveis no seus estabelecimento normal. Nos fundos da Pós, Poções e Pomadas há uma alçapão para o subsolo do local, onde ele mantem um pequeno laboratório e uma sala de reuniões para receber visitantes menos pomposos.

Além disso, o grupo dos jogadores pode ficar interessado em algumas fórmulas e drogas que podem ajudá-los, com um custo. Alguns exemplos abaixo podem ajudar mestres a criar outras substâncias.
Pó do Cão Raivoso: Ao cheirar esse pó, o indivíduo tem seu metabolismo acelerado mas pensamentos enevoados. O personagem recebe +1d3 de Força e Agilidade por 2d6 minutos mas recebe -1d3 de Inteligência e Sabedoria por 1d4 horas. Há uma chance em 20, cumulativa, para cada dia que esse pó é usado do usuário ficar viciado. Custo por dose: 25 m.o.
Incenso da Mente Clara: Ao meditar por 1 hora com este incenso, o indivíduo poderá conjurar magias como se fosse um feiticeiro de um nível superior ao que é de verdade por um dia, mas sua percepção é alterada, dificultando testes para encontrar e perceber coisas pelo mesmo período. Há uma chance constante de 10% para cada vez que a droga é usada e, se o usuário passar um dia sem usa-la depois de viciado, sofre 1d4 de dano em um atributo físico aleatório. Custo por dose: 50 m.o.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.