domingo, 21 de julho de 2013

Sendo um Jogador Melhor - Faça Coisas!

Voltando com mais uma postagem voltada para jogadores ao invés de mestres (variando um pouquinho), trago hoje talvez a dica mais importante de todas para quem quer ser um bom jogador: Faça Coisas! Tome iniciativa! Não fique parado esperando algo acontecer! Ninguém gosta de histórias sobre o personagem que ficou esperando algo extraordinário acontecer com ele. As boas histórias são sobre pessoas que fizeram algo, que agiram, que saíram de sua zona de conforto e foram além do esperado.

Uma coisa que devemos sempre estar pensando é: O que o meu personagem quer? Qual o objetivo dele nesta cena? O que eu tenho que alcançar? Essa é uma história sobre o personagem, e ela não via a lugar nenhum se ele não souber o que quer, e não agir para conseguir isso. Nunca deixe para fazer algo somente quando alguma coisa acontecer com você, esteja sempre um passo a frente disso.

Faça o que você sabe fazer. Se o seu personagem é interessado em coisas ocultas. Tente descobrir se há algum rumor ou boato sobre coisas estranhas acontecendo. Se o seu interesse é fama e glória, pense sobre como conseguir isso na situação e parta para ação. Enfim, investigue, corra atrás, fale com pessoas, ou arrume algo para fazer que tenha a ver com seu personagem, seu mestre agradecerá e você não ficará entediado.

Se você não conseguir pensar em nada para fazer, ou não tiver nada que possa realmente fazer, está na hora de se fazer outra pergunta. O que este personagem, que não tem nada a acrescentar ou que não tem como tomar iniciativa, está fazendo no centro da história com todos esses outros caras legais? Como eu já falei em outra postagem por aqui, é importantíssimo que desde a criação do personagem, ele seja uma pessoa com motivações fortes, capazes de mantê-lo no jogo e no centro da história o tempo todo.

Enfim, o mais importante é ajudar a história a se mover, fazer parte dela, e ser lembrado pelo o que você fez, nas situações em que se envolveu, e não apenas ser lembrado pelo o que ocorreu com você ou como você reagiu a alguma coisa. Os jogos de RPG, em sua grande maioria, são sobre aquelas pessoas que fazem a diferença, que mudam algo, são heróis, aventureiros, revolucionários, e não vítimas e pessoas passivas. Embora tudo isso seja um tanto óbvio, muita gente esquece sobre esse papel de protagonista e se queixa do mestre quando a história não anda ou nada acontece. Se a aventura não vier até você, vá até ela!

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.