terça-feira, 25 de setembro de 2012

Semana Internacional do Livro - Seus 10 Livros de RPG

Como estamos na semana internacional do livro, resolvi propor um brincadeira para vocês que vi sendo feita algumas vezes entre blogueiros lá e fora. Basicamente fazemos uma lista com dez livros de RPG, entre todos que possuímos. Esses são os seus livros favoritos, aqueles que você levaria para qualquer lugar que fosse se mudar, se não tivesse como levar todos. E aí? Topam a brincadeira?

Atenção para as regras da lista: Você deve possuir esses livros fisicamente, não vale PDF (se acontecer um cataclisma tecnológico, como você vai jogar com eles?) ou livros que você adoraria possuir; Não precisa ser necessariamente um livro, pode ser um Boxed-Set (que acabe contendo mais de um livro), mas deve ser um único produto (ou seja, se por acaso você comprou um promoção que vieram vários livros juntos, mas, normalmente, eles são vendidos separados, não conta); Podem ser livros nacionais ou importados, de qualquer sistema de regra, de qualquer tipo de ambientação, basta ser de RPG; A cada escolha, fazer uma breve explicação do porquê da mesma, bem simples e rápida.

Bem, vamos a minha lista, então.

1) AD&D 1st Edition - Player's Handbook: Precisa dizer muita coisa? É o RPG que começou tudo, em sua forma mais estruturada e completa, escrito pelo próprio Gary Gygax e com muitas ilustrações lindas dos artistas da época. É um clássico, indispensável.

2) AD&D 1st Edition - Dungeon Master Guide: Talvez o mais completo e importante DMG já publicado. Também escrito pelo Gary Gygax e contém informações excelentes para qualquer jogo de fantasia. Mesmo que você não jogue D&D, esse livro pode ser bastante útil.

3) AD&D 1st Edition - Monster Manual: Não poderia ficar sem, não é? O primeiro grande livro de monstros para D&D, com clássicos como Beholder, Displacer Beast, Mimic e outras bizarrices que são muito divertidas e inspiradoras.

4) Desafio dos Bandeirantes: Sim, eu gosto de Desafio dos Bandeirantes. É um verdadeiro representante do Old School brasileiro. Sistema que usa porcentagens, temática de exploração e aventura, não heroísmo exagerado, criaturas bizarras em terras desconhecidas, com espada, mosquete, magia e curupira.

5) Fiasco: É um jogo rápido, divertido, versátil e que pode ser jogado sem nenhuma preparação. Sem contar que ele consegue fazer com que pessoas que nunca jogariam RPG experimentarem o nosso hobby. Você pode ler uma resenha desse jogo aqui.

6) Dungeon Crawl Classics RPG: É difícil explicar, mas esse jogo conseguiu trazer tudo que eu imaginava que seria divertido em um jogo de RPG de fantasial Old School e colocar em um único livro (gigante de 480 páginas, mas ainda sim, um livro só). Classes de personagem clássicas e icônicas, magia caótica, ambientação inspirada em fantasia pulp, monstros únicos e memoráveis... DCC RPG é uma inspiração em si só. Você pode ler uma resenha dele aqui.

7) The One Ring - Adventures over the Edge of the Wild: Simplesmente, na minha humilde opinião, a melhor adaptação do mundo criado pelo professor J. R. R. Tolkien para as mesas de jogos. O sistema é simples e consegue retratar muitos momentos e estilos narrativos das histórias com mecânicas do jogo, incentivando os participantes a entrarem no clima da Terra Média. Fiz uma Resenha do jogo que você pode conferir aqui.

8) Shadowrun - Segunda Edição: Eu não sou muito fã do sistema de jogo, mas a ambientação me interessa muito. Um cenário cyberpunk, com mega-coorporações, implantes cibernéticos e outras parafenálias em um mundo onde há elfos, anões, orcs, trolls, dragões e magia? É, sem dúvida, uma das ideias mais legais que já tiveram e, com certeza, é possível adaptar para seu sistema predileto, ou se aventurar no sistema próprio deles.

9) Astonishing Swordmen & Sorcers of Hyperborea - Boxed Set: Este é um RPG Old School inspirado no D&D Original e no AD&D. O sistema de regras é bem parecido com o que estamos acostumados, mas possui diversas modificações para deixá-lo mais característica a ambientação do jogo, Hyperborea, as Terras Além do Vento Norte. É um jogo completo, com tudo que você precisa para jogar, regras, dados e cenário, que é excelente e lembra bastante o mundo do Conan. Há uma resenha completa do AS&SH nesse link.

10) The Shotgun Diaries: Um jogo rápido, fácil de aprender, divertido e bastante versátil, de sobrevivência no apocalipse zumbi. O jogo com apenas alguns minutos de preparação pode entreter uma galera por horas e não é difícil adaptá-lo para outros gêneros. Eu mesmo fiz uma adaptação de Guerra nas Estralas para ele (Lightsaber Diaries). Há alguns meses escrevi sobre este jogo, veja aqui.

Bem, essa é a minha lista de 10 livros (produtos) de RPG que eu manteria se só pudesse ficar com 10. É claro que gostaria que outros estivessem na lista, jogos que eu até tenho em PDF mas não tenho fisicamente (eu compro bastante PDFs, aliás, acabei de comprar um agora!). Acho que vou tentar manter essa brincadeira como anual e refazer a lista ano a ano, que tal? Assim, posse ver as mudanças no meu gosto de época em época e a medida que vou conseguindo adquirir mais jogos legais.

E você? Que tal fazer essa sua lista e postar em um blog, ou meno nos comentários aí embaixo? Estou curioso para saber os tesouros de todo mundo!

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.