sábado, 9 de junho de 2012

6 Dicas Para Combates Mais Interessantes

Os combates podem não ser a parte central de sua campanha, mas sem dúvida haverá combates em quase todo jogo de RPG. Muita vezes, é por meio deles que a trama se resolverá, e muitos outros conflitos estarão entre os personagens e seu objetivo final. Mas para que esses encontros não se tornem repetitivos é preciso fazer com que algumas características e circunstâncias os diferenciem, e é para isso que essa postagem serve.

Abaixo serão apresentadas seis dicas para deixar os encontros mais diversificados, evitando que a monotonia da rolagem de dados em um aposento de 10 por 10 metros contra o orc que guarda o baú tome conta da sua mesa. É claro que nem todo confronto precisa acontecer em circunstâncias fantásticas, em ambientes de tirar o fôlego e sobre a influência do clima, do terreno e de magia. Se tudo for fantástico, o tempo todo, nada será, nada se destacará. Assim, fatalmente, alguns combates serão simples, para que aqueles que não forem se tornem memoráveis.

1. Ambientes Inusitados: Os combates podem se tornar tediosos se sempre acontecerem em uma aposento quadrado, medindo 10x10 metros, ou em uma planície aberta. Tente ambientar os conflitos em lugares inusitados e interessantes, que despertariam o interesse dos jogadores. Uma luta em uma ponte antiga e frágil sobre um desfiladeiro, ou uma batalha em um jardim exótico com estátuas para todos os lados, ou em uma caverna de cristais quebradiços que refletem imagens estranhas para todos os lados. Lugares assim despertam a criatividade daqueles envolvidos e fazem com que eles interajam com o ambiente mesmo durante a luta, sem contar que fornece diversos objetos para serem usados ou quebrados durante o combate.

2. Climas Diversos: Pense em como o clima pode transformar uma batalha comum em outra coisa. Alguns dias podem ser muito quentes e causar uma fadiga nos lutadores. Outros podem ter um vento gelado vindo do norte que causa um desconforto grande para aqueles que não estiverem agasalhados. Calor, frio, chuva, neve, neblina, tempestades, ventania, enfim, uma série de elementos que podem ter influência no conflito e podem ser usados para dar uma cor diferente a um combate que seria simples. Pense em como esses elementos podem influenciar a luta.

3. Visão, Luz e Sombras: Nem tudo precisa acontecer sobre a segurança da luz. As sombras representam o desconhecido, o mistério e ajudam muito a aumentar o clima de perigo do jogo. Condições de visão diferentes, como escuro completo, névoa, luz muito forte, penumbra podem dar climas diferentes para cada conflito e, sem dúvida, vão ter influência sobre os combatentes. As cores também podem ajudar a passar sensações diversas, usando cores quentes você pode passar sensações de calor, fúria, emoção. As cores podem ainda representar o clima alienígena do local, pedras de cores diferentes das naturais, uma água alaranjada, uma luz roxa emitida pelos cristais.

4. Terreno: Aqui vale a mesma dica para os de cima, a variação do terreno pode dar caras diferentes para encontros que seriam praticamente iguais. Uma luta sobre um chão liso com grama baixo é bem diferente da mesma luta em um terreno alagado de um pântano, ou meso o de uma planície com grama alta, onde as pessoas podem usar a vegetação para se esconder. Pense em como o terreno pode influenciar a luta, se há uma posição estratégica, se correr pode fazer alguém cair (como em um terreno acidentado ou escorregadio), se há lugares para se esconder ou mesmo se você pode usar o terreno contra o adversário (jogando a areia do chão nos olhos deles).

5. Complicações: Enfrentar uma dúzia de orcs pode ser algo comum, mas enfrentar a mesma dúzia de orcs enquanto o teto desaba é outra coisa. Insira desafios e complicações nos combates para torná-los mais emocionantes e desafiadores. Talvez eles devam alcançar o artefato mágico antes do outro grupo de aventureiros (que tem interesses contrários a eles) enquanto lutam contra uma hora de esqueletos, ou devam impedir que o necromante sacrifique a donzela e lutar contra seus cultistas ao mesmo tempo. Talvez para interromper o fluxo de criaturas, os heróis tenham que destruir aquilo que as está invocando. Enfim, há várias maneiras de colocar complicações em uma situação que, se não fosse por elas, seriam um simples embate de criaturas. Pense em uma maneira diferente, divertida e desafiadora e veja como seus jogadores lidam com aquela coisa.

6. Objetivos: Na maioria das vezes escondemos o objetivo dos aventureiros em algum lugar, atrás de um grande cofre, dentro de um aposento com uma passagem secreta, dentro de um baú no aposento mais bem guardado da masmorra. Mas que tal colocar algo que os personagens queiram bem na linha de visão deles, talvez no meio do aposento sobre um pedestal, ou no fundo de um lago de águas cristalinas? Faça isso e bote algo entre eles e o objeto de desejo, um monstro, armadilhas ou mesmo uma maldição. Ou melhor, coloque o objetivo deles pendurado no pescoço do grande inimigo e veja como eles lidam com isso. Será que eles vão tentar matá-lo (será bem difícil) ou tentaram pegar o que querem e sair correndo?

Essas são seis dicas rápidas que podem deixar os encontros de sua mesa com um gostinho diferente, temperados. Nem sempre temos tempo para preparar encontros detalhados, mas algumas dessas dicas podem ser improvisadas na hora, fazendo com que nenhum encontro precise ser igual ao anterior. E você? Tem outra dica para deixar os combates diferentes? Compartilhe conosco!

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.