terça-feira, 24 de julho de 2012

Sistema de Perícia Alternativo para D&D e Afins

O RPG Dungeons & Dragons já teve mais de 10 versões/edições diferentes, algumas com regras muito simples, outras com mecânicas mais complexas. Entre tantas coisas que mudaram, a existência ou não de perícias específicas é algo que divide as edições e, por consequência, os jogadores que as jogam. Alguns preferem que as perícias sejam detalhadas e especificadas uma a uma, já outros preferem que não haja uma listagem específica e que os testes sejam baseados apenas nos atributos dos personagens e, no meio dos dois, há uma série de outros métodos.

Confesso que sou um jogoador fascinado pelas edições clássicas do D&D e todos os jogos criados baseados nela pela comunidade OSR (Old School Revival). Eles não tem todas as possibilidade de customização mecânica do personagem, trocentos milhões de suplementos, classes de prestígios poderosas e todo o tipo de poderes, vantagens, talentos e todas essas coisas que os jogadores das edições mais recentes estão acostumados.

Características e Especializações: Nesses jogos, a grande totalidade dos testes não é feito com perícias, mas sim com os atributos básicos. Não há uma lista pré-definida de perícias ou habilidades que seu personagem pode ou não pode fazer. As vantagens e desvantagens desse tipo de abordagem são debatidas entre os fãs do jogo há muito tempo, mas não é por isso que eu fiz essa postagem. Essa postagem tem por objetivo apresentar um sistema um pouco diferente de resolver essa questão, ao mesmo tempo deixando os atributos como o foco, valorizando-os e não restringindo o que os personagens podem ou não fazer, e permitindo que cada personagem possua alguma vantagem e aptidão para determinadas ações e tarefas.

Essa mecânica não substitui os testes de atributo, ele apenas modifica algumas coisas na hora de testa-lo. Cada personagem terá algumas "Características" e "Especializações", que ajudam a definir mais o personagem e lhe dão alguns detalhes para seu histórico. As "Características" dizem respeito a coisas inatas dele, se ele é desconfiado, tem olhos aguçados, é bom de papo, é determinado e esse tipo de coisa. Podem ser coisas físicas, mentais ou comportamentais. Cada um começa com três dessas características, uma orignada de sua raça, uma de sua classe e outra de seu alinhamento. As "Especializações" são coisas que seu personagem sabe fazer, sejam profissões, atividades ou hobbies. Por exemplo, Cartografia, Forjaria, Cozinhar, Caçar, Herbalismo e outras coisas. Cada personagem possuirá duas dessas especializações, uma vinda de sua raça e outra de sua classe.

Além de servir para caracterizar mais seu personagem, dando a ele traços físicos e mentais que facilitam a sua diferenciação e interpretação, esses elementos vão dar algumas vantagens em testes de atributos com os quais eles se relacionarem. Sempre que o personagem for tentar alguma ação que se relacione com alguma dessas características (ele pode argumentar que a característica seria útil àquela situação e o mestre pode, ou não, aceitar), ele rola dois dados e fica com o melhor resultado. Ele só pode invocar uma característica por teste, mesmo que ele possua várias que seriam aplicáveis àquela situação.

Ademais, o jogador tem a opção de "gastar" uma dessa habilidades por aquela aventura para obter um sucesso automático em um teste que ela se aplicaria, garantindo que conseguirá aquilo que deseja. Isso, no entanto, faz com que ele não possa invocar aquela característica pelo resto da aventura. Bem, é um preço a se pagar para a certeza que conseguirá o que quer.

A mecânica é bem simples e bastante flexível, dá a oportunidade para que os jogadores caracterizem bem seus personagens e tenham algumas vantagens relacionadas a certos aspectos dele. Não precisa se preocupar quantos pontos vai gastar em cada perícia e estimula o uso criativo dessas características. Para implementar isso na mesa de jogo, é necessário avaliar como são as raças e classes em seu cenário, suas culturas, hábitos e comportamentos típicos. Assim, você pode criar uma lista de "Características" e "Especializações" voltado especificamente para o mundo de sua campanha.

Como exemplo, vou apresentar uma pequena lista (que pode e dever ser estendida) lista desses elementos para um cenário de fantasia típico para as raças e classes clássicas (humano, elfo, anão e halfling; guerreiro, ladrão, clérigo e mago); e alinhamentos Caótico, Neutro e Ordeiro.

Humano
Características: Bruto, Determinado, Carismático, Sedutor, Valente, Desconfiado, Atento, Alto
Especializações: Cavaleiro, Ferreiro, Estudioso, Caçador, Comerciante, Sacerdote, Fazendeiro, Guarda

Anão
Características: Bruto, Corajoso, Rabugento, Determinado, Confiante, Desconfiado, Brincalhão, Resistente
Especializações: Ferreiro, Minerador, Joalheiro, Chaveiro, Escultor, Arquiteto, Comerciante, Escritor

Elfo
Características: Belo, Alto, Calmo, Olhos Afiados, Furtivo, Voz Melodiosa, Aventureiro
Especializações: Pescador, Caçador, Herbalista, Carpinteiro, Estudioso, Músico, Curandeiro, Diplomata

Halfling
Características: Curioso, Aventureiro, Brincalhão, Baixinho, Esperto, Ouvidos Aguçados, Generoso
Especializações: Cozinheiro, Fazendeiro, Carpinteiro, Escavador, Jardineiro, Cervejeiro, Comerciante, Trovador

Guerreiro
Características: Corajoso, Forte, Resistente, Intimidador, Sério
Especialização: Armeiro, Caçador, Guarda

Ladrão
Características: Atento, Desconfiado, Furtivo, Rápido, Mentiroso
Especialização: Falsário, Chaveiro, Acrobata

Clérigo
Características: Carismático, Sincero, Sensitivo, Sério, Justo
Especialização: Sacerdote, Estudioso, Curandeiro

Mago
Características: Desconfiado, Misterioso, Atento, Paciente, Orgulhoso
Especialização: Escrivão, Estudioso, Herbalista

Ordeiro
Características: Justo, Honrado, Severo

Neutro
Características: Calmo, Desconfiado, Cauteloso

Caótico
Características: Mentiroso, Engenhoso, Impaciente

Enfim, essas são apenas algumas das características e especializações que poderiam ser escolhidas. O ideal é que essa listagem seja modificada e expandida para se acomodar melhor ao estilo e ao cenário de sua campanha.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.