sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

NPCs em 40 Palavras

Há alguns dias, eu fiz uma postagem sobre como usar alguns elementos do Mouse Guard RPG em outros jogos. Uma das dicas foi a de utilizar os conceitos de Filosofia (Belief), Instinto (Instinct) e Objetivo (Goal) para definir melhor seu personagem. Mas, outra utilidade dela é dar as ferramentas para você criar NPCs de forma rápida porém rica. Além desses três aspectos, podemos ainda acrescentar uma descrição, física e mental, do personagem. Assim, teríamos quatro características capazes de fornecer informações suficientes para introduzirmos qualquer NPC na história, de forma rápida, clara e eficiente.

Para relembrar o que são cada um desses elementos vou descrevê-los novamente e dar alguns exemplos.

Filosofia (Belief): Filosofia é um código de honra, um pensamento que guia as ações do personagem. Você deve pensar em uma frase pequena que sumarize a crença dele. Nem sempre o personagem irá agir de acordo com sua filosofia, mas é bom que ela esteja lá, lembrando-o. Pense no que motiva o personagem, qual é a força motora que o motiva a agir e que o dá força, e tenta transformar isso em um slogan de mais ou menos dez palavras. Um mago em busca de conhecimento podia ter uma Filosofia como "Com conhecimento vem o poder, e com este a responsabilidade". Um típico ladrão teria como filosofia "Se está perdido, deve ser achado, e se eu achar, é meu". E assim por diante. Pode parecer difícil, mas com o tempo e prática, fica mais fácil pensar em filosofias para os personagens.

Instinto (Instinct): Instinto representa ações e reações que são naturais do personagem. Ele as realiza sem ao menos pensar nelas. Durante a sessão, o instinto é uma ótima maneira de diferenciá-lo dos outros indivíduos. Assim, se cada personagem tiver uma ação característica, fica muito mais fácil e divertido diferenciá-los. Além de dar outro elemento para melhor defini-lo o instinto é uma espécia de dica de como interpretá-lo. Isso sem contar que pode ser bem divertido interpretar personagens que tenham como instinto tiques e outras coisas. Uma boa dica de como escrever instintos é começar com palavras como "sempre", "nunca", "quando" e então dizer o que ele faz. Por exemplo, o mago "nunca vai a nenhum lugar sem o seu livro de magias". Já o ladino "sempre que as coisas derem errado, procuro a saída".

Objetivo (Goal): O objetivo é aquilo que o personagem quer realizar, simples assim. Geralmente, objetivos serão uma frase sobre seu personagem, uma ação e um alvo. Se você puder pensar em condições, melhor ainda. Tente evitar objetivos muito imediatos ou muito longínquos. Pense em objetivos alcançáveis até o final de uma aventura, isso o guiará por algumas sessões. Normalmente, os objetivos começarão como "eu vou", "eu não vou", "eu preciso", "eu devo", "eu não posso", seguido de uma ação como "achar", "defender", "derrotar", "impedir", "salvar", e um alvo. Como exemplo, usemos o mago que tem como objetivo "eu devo impedir que o necromante use o cajado negro" e o ladrão "eu vou achar o tesouro do Rei Esquecido".

Descrição: A descrição pode ser uma lista de palavras e características que façam você enxergar como é o personagem. Pode incluir elementos como a raça do personagem, aparência física, vestimentas, objetos, comportamento, humor, fatores psicológicos, defeitos, sotaques essas coisas. Um mago poderia ser descrito como "humando, alto, magro, nariz pontudo, manto violeta, muitos anéis, arrogante, sério, cauteloso, fala puxando o R". Já o ladino é "halfling, baixo, gorducho, sorridente, roupa simples, carrega corda, brincalhão, intrometido, medroso".

Apenas com esses quatro elementos é possível construir diversos NPCs em um espaço de tempo curto, usando até 40 palavras. Um bom recurso é fazer um pequeno cartão para cada NPC e quando foi usá-lo na aventura, pegar o cartão dar uma lida rápida no que escreveu para cada um desses aspectos e pronto, você saberá exatamente como ele é.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.