quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Pontos de Partida - Aniversário

Recentemente eu fiz aniversário e acabei pensando em uma coisa: Quantas vezes os personagens dos nossos jogos fizerem aniversário sem isso nunca ter sido sequer mencionado? Provavelmente muitas, se não todas. Isso se há qualquer preocupação dos jogadores em decidir que dia nasceu seu personagem. Pode parecer bobagem, mas acho que seria uma boa adição a qualquer campanha se esse detalhe fosse explorado.

Aniversários são datas especiais e simbólicas, que podem representar o crescimento da pessoa. Em algumas culturas quando um indivíduo atinge certa idade ele precisa passar por um teste a fim de ser reconhecido como um membro capaz da comunidade. Enfim, essas datas podem representar diversas mudanças significativas na vida de um personagem. Em um mundo fantástico, então, essa data pode ter repercussões místicas. Quem sabe a pessoa fica mais acessível a contatos com os outros planos de existência? Ou então o trigésimo terceiro aniversário desde a transformação do mago Dernethor no Lich de Ferro é a única chance dos heróis em destruírem a criatura. As possibilidades de histórias são muitas.

Que tal então algumas idéias rápidas para você criar aventuras baseadas nesse tema, os aniversários?


Ritual de Passagem: Em uma comunidade em terras fronteiriças de um mundo de espadas e feitiçaria, jovens que completem a idade dos 16 anos devem passar por um teste. Talvez haja um complexo de cavernas distantes que seja considerada perigosa e de significância ritualística para o povo, ou então uma região selvagem de onde vieram os ancestrais da tribo, onde os jovens deverão passar um mês e retornar com um troféu que signifique a sua entrada no mundo adulto. E o que poderia acontecer durante esses testes? Talvez um grupo de jovens queira prejudicar seus rivais e planeje se livrar deles durante esse tempo. Pode ser que inimigos daquele povo resolva se vingar atacando os jovens que estão vulneráveis naquele lugar. Então, será que aqueles que estão passando pelo ritual conseguiriam botar as diferenças e rivalidades de lado para se salvarem?

A Maldição dos 33 anos: Os personagens seriam homens e mulheres prestes a fazer 33 anos que se conhecem na internet em comunidades ou sites que falam sobre ocultismo, coisas sobrenaturais e magia. Todos eles estão tendo pesadelos estranhos relacionados à fatídica data de aniversário próxima. Sonhos com criaturas horrendas, demônios, esqueletos e coisas do tipo. Aos poucos, os primeiros a fazerem 33 anos vão sumindo em circunstâncias bizarras e os sonhos vão se tornando mais intensos. Então, um dia, todos recebem um email de uma pessoa que se chama de Redentor, dizendo para encontrá-lo em uma antiga catedral abandonada. Lá essa pessoa explica que a centenas de anos os ascendentes dos personagens fizeram um pacto com as forças das trevas e agora elas estavam querendo o pagamento, a alma deles. Talvez para se salvarem eles devam realizar um ritual que necessita de diversas relíquias a muito tempo perdidas, ou conseguir outras pessoas para serem sacrificadas no lugar deles, criando assim uma difícil escolha moral. Ou simplesmente eles tenham que sobreviver por um ano, fugindo, até completarem 34 anos de idade (isso pode dar uma pequena campanha de horror).

Festa de Aniversário?: Esta já é uma ideia mais simples para uma aventura futurística. Os personagens são mercadores espaciais e receberam uma grande encomenda para conseguirem mercadorias raras para uma grande festa de aniversário, a de um dos maiores reis do crime da galáxia. O problema é que eles não foram os únicos contratados e nem são os únicos interessados naquelas mercadorias. Assim, eles podem ter que lidar com outros mercenários, mercadores, e oficiais da lei que querem prender o criminoso para quem eles estão trabalhando. O grupo pode até ter sido contratado por terceirização, sem saber para quem estão realmente trabalhando. O interessante é fazer as coisas se resolverem apenas durante a festa e causar uma grande confusão.

Pontos de Partida são uma séria de postagens com o objetivo de fornecer algumas ideias que podem ser usadas para criar aventuras, mini-campanhas e, quem sabe até, campanhas inteiras (isso vai depender de cada um). As ideias são apresentadas com um contexto, uma ambientação mais apropriada e algumas perguntas que você pode responder para ir formulando a aventura. Não tenho a pretensão de ser a pessoa mais criativa do mundo (mas eu até tento ser criativo) e algumas idéias podem ser baseadas em algum filme, livro ou história que você ouviu antes, mas com certeza elas podem ser modificadas e camufladas de forma que sejam novas para seus jogadores. O objetivo é, com poucas palavras, propor uma situação ou cenário que estimule a cabeça a pensar em algo. Não são aventuras completas, com encontros, monstros e soluções pré-definidas, mas sim Pontos de Partida para que se cada um possa desenvolver as aventuras como achar melhor.


Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.