quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Deixando seu Mundo mais Vivo: Superstições

Muitas vezes, quando estamos criando um cenário de campanha ou o estamos retratando na mesa de jogo, nos concentramos apenas nas coisas mais grandiosas e importantes: quem é o rei do lugar, onde fica a torre do mago, o que tem na floresta das sombras vivas e essas coisas. Os pequenos detalhes, aqueles que raramente irão afetar o jogo em si são, costumeiramente, deixados de lado. Isso é um infortúnio.

São nesses pequenos detalhes que nossos mundos tomam forma e vida nos olhos dos jogadores. São esses pequenos detalhes que ficaram na memória deles como algo inusitado, diferente e curioso. Superstições, por exemplo, são uma dessas pequenas coisas que podem ajudar você a deixar o seu mundo de jogo mais vivo na visão dos jogadores.

O interessante é pensar em superstições que parecem mundanas, mas ainda assim parecem fantásticas o suficiente para mundos de fantasia medieval. Uma idéia é pegar uma lista de superstições de nosso mundo e dar uma fantasiada em cima delas. Algumas delas são até bem doidas o suficiente para serem inseridas em nossos jogos sem muitas alterações. O mestre de jogo pode introduzi-las por meio de NPCs que avisam os personagens sobre as “conseqüências” de não se dar ouvidos a elas. Isso dará mais verossimilitude ao mundo de jogo e deixará a impressão de que o cenário possuí uma cultura própria.

Abaixo segue uma listagem com 20 superstições para inspirar a criatividade de vocês.

1. Se uma lesma albina cruzar seu caminho, você deve esperar que ela o cruze totalmente antes de continuar, ou terá azar por 13 anos.
2. Durante as noites de lua cheia, você deve usar um chapéu que cubra totalmente o topo da cabeça, evitando que a luz da lua enlouqueça seus pensamentos.
3. Sempre que duas pessoas falarem a mesma frase ao mesmo tempo, elas devem beber uma bebida alcoólica forte, evitando que sua almas sejam fundidas.
4. Ao se repetir o nome de uma pessoa morta 13 vezes na frente de um espelho (que é bem raro em um mundo medieval), o espírito dela aparecerá refletido no mesmo.
5. A espada de um guerreiro carrega o rancor das almas de todos aqueles que ele matou.
6. Pessoas que morrem de olhos abertos ficam com seus espíritos presos entre o mundo dos mortos e o mundo dos vivos.
7. Um casal nunca deve ter exatamente 8 filhos. Se a mulher falecer antes de ter um novo filho, a alma do 8 filho será roubada por um demônio.
8. Crianças de até cinco anos não podem usar roupas de cor vermelha, pois isso atrai criaturas bebedoras de sangue à noite.
9. Para manter os espíritos ruins saciados, as pessoas deixam carne crua em uma bandeja em frente às suas casas toda primeira lua cheia de um mês.
10. Cortar os cabelos de uma virgem antes dos 13 anos dá azar em seu futuro casamento.
11. Ao se viajar, é comum deixar um boneco com roupas do viajante no lugar de origem para que ninguém roube seu lugar.
12. Dar o mesmo nome de uma pessoa a um animal faz com que a alma daquela pessoa passe para o animal se ela morrer antes deste.
13. Se alguém escrever seu nome em uma folha de pergaminho com tinta prateada e atear fogo na mesma, você terá uma morte dolorosa.
14. Ao se bocejar, a pessoa deve botar a mão sobre a boca para evitar que sua alma escape.
15. Se você pisar em uma poça de água escura com os pés descalços, é sinal de que morrerá afogado.
16. Cantar músicas a céu aberto em uma noite de lua nova pode fazer com que espíritos malignos entrem no seu corpo até a próxima lua cheia.
17. Um sapo de cor amarelada em casa trás sorte e dinheiro.
18. Para proteger a vida de seus maridos que viajam, as mulheres vestem suas roupas ao avesso.
19. Jamais aceite um anel de uma pessoa estranha, pois anéis ligam as almas das pessoas àqueles que lhes presentearam.
20. Gatos protegem seus donos de espíritos malignos que causam preguiça, raiva e infelicidade.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.