quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Sendo um Jogador Melhor - Responsabilidade


Muitos acreditam que a responsabilidade por uma boa sessão de RPG recai somente nos ombros do mestre. Afinal, é ele quem deve preparar a aventura, pensar em uma situação cativante e envolvente, criar desafios interessantes e que façam com que os jogadores se sintam testados, sem falar em dar vida a todo um mundo de jogo. Mas a verdade é que esse peso não recai somente no pobre coitado, mas sim sobre todos os participantes do jogo. Ou seja, os jogadores também são responsáveis para o sucesso de um jogo de RPG.

Sendo assim, eles possuem certas responsabilidades que, se levadas a sério e cumpridas pelos jogadores, deixaram o jogo melhor para todos os participantes. Algumas delas são coisas bem simples, que qualquer um com bom senso e boa vontade já faria normalmente, mas se tratando de um jogo, muita gente acaba esquecendo e deixando de lado como não importante, afinal, é "só um jogo". Mesmo assim, alguns dos conselhos abaixo valem a pena ser seguidos para manter o jogo agradável para todos, e fazer com que você seja considerado um bom jogador (afinal, você quer ser chamado para mais mesas, né?).

Respeite o Horário: Quando a gente é adolescente, não trabalha, e tem poucos compromissos, esse pode ser um aspecto da sessão com pouca importância, já que as pessoas jogam por horas e horas, varando madrugadas e dias inteiros. Mas a medida que ficamos mais velhos, com emprego, compromissos, esposas (e maridos) nos esperando, filhos, o tempo reservado para o nosso hobby vai ficando mais definido e restrito. Daí a importância de todos respeitarem e serem responsáveis com o horário marcado. Quando se tem apenas três ou quatro horas por semana, quinzena, ou mesmo mês para se jogar, até um atraso de meia hora faz uma baita diferença, e prejudica todo o grupo, e não só a pessoa que se atrasou.

Cuide do Seu Personagem: Na última postagem, já falei da importância de se conhecer o próprio personagem, saber o que ele pode ou não fazer, para evitar ter que parar o jogo para consultar o livro sempre que quiser fazer alguma coisa. Aqui eu quero enfatizar a responsabilidade dos jogadores de manterem os registros da ficha do personagem, e o mestre, atualizados quanto às mudanças que eles sofrem ao longo do tempo (perda de pontos de vida, utilização de equipamento, informações descobertas, contatos adquiridos, tesouros recuperados e perdidos). Não é incomum com jogadores que não tomam conta dessas coisas e acabem interrompendo o jogo perguntado para as outras pessoas "o quê a gente tinha pegado mesmo?", "era quanto para cada um?", "qual era o nome do Rei?". Por isso, seja um bom jogador e anote essas coisas, tome conta do seu personagem e faça com que o jogo flua melhor.

Preste Atenção: Isso é ainda mais importante nos dias atuais, com todos os celulares, smartphones, tablets e outros aparelhos que passaram a tomar conta do nosso dia-a-dia. Quando não estiver no seu turno, ou a cena do jogo não envolver seu personagem diretamente, ou mesmo quando for uma cena em que ele esteja presente mas não for o foco da ação, preste atenção de qualquer forma. Provavelmente informações e detalhes que serão descritos e mostrados ali serão úteis e importantes futuramente. É muito chato ter que parar toda hora para explicar o que aconteceu (ou o que está acontecendo) para um jogador que não presta atenção em nada, que ficou mexendo no iPhone, ou que abstraiu o jogo porque seu personagem não estava batendo em ninguém. Isso, além de atrapalhar o andamento do jogo, demonstra um pouco de descaso com os outros jogadores e com o mestre.

Esteja Pronto: Esteja sempre pronto para jogar e no clima de jogo. Não deixe para pensar no que vai fazer apenas quando chegar a sua vez de agir. Já vá pensando e analisando suas opções anteriormente. Isso torna o jogo mais dinâmico, rápido e excitante. Acho um tanto chato e até mesmo injusto quando começa um combate e o jogador fica 15 minutos debatendo com os outros o que fazer, qual a estratégia usar e outras coisas. O combate começou! Os personagens estão lá, parados, discutindo o que vão fazer? Acredito que não, não é? É de bom senso definir algumas estratégias comuns no grupo e já ter ideia do que cada um deve fazer e agir rápido. Se o jogador seguir os outros conselhos (conhecer o personagem, cuidar bem dele, prestar atenção), estar pronto vai ser bem simples.

Traga o Quê Precisa: Eu sei que eu falei sobre isso na outra postagem, mas é bom relembrar. Se você precisa de outros livros, suplementos, folhas extras, dados próprios e outras coisas. Traga com você, não espere sempre que as outras pessoas vão suprir suas necessidades (afinal, elas são suas). Se você for responsável por trazer alguma coisa do grupo, como comida, bebida, e essas coisas, não esqueça também, as pessoas estão contando com você.

Respeite o Outro: Outra responsabilidade que todo jogador deve ter é a de respeitar os outros jogadores da mesa. É responsabilidade de todos a manutenção de um ambiente agradável e de proporcionar uma experiência divertida para todos. RPG é um jogo social, assim, cada um dos participantes deve ter sua chance de brilhar e participar igualmente do jogo. Não tente impor sua vontade sobre os outros, e não deixe que façam isso na mesa. Ajude os jogadores mais inexperientes com sugestões e conselhos e não determinando o que eles devem fazer. Dê opções e não ordens. Não tente resolver tudo e chamar a atenção para você o tempo todo, dê oportunidade para os outros e converse com o grupo sempre que possível.

Enfim, todo mundo tem a responsabilidade de contribuir para um ambiente propício para o jogo, seja o mestre com toda a sua preparação, intuição e cuidados, sejam os jogadores com os seus afazeres simples, mas que fazem bastante diferença na hora em que os dados devem rolar. Quem quiser, pode conferir as outras postagens sobre ser um jogador melhor, basta seguir esses link: Sendo um Jogador Melhor - Personagens; e Sendo um Jogador Melhor - Preparação.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.