segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Encontros Estranhos - O Antigo Viajante

Galera, eu não sei quanto a vocês mas eu gosto de surpreender ou mesmo confundir os jogadores dos meus jogos com acontecimentos estranhos e aleatórios que acontecem com eles ou na proximidade deles sem terem, necessariamente, ligação com a atual "aventura" que eles estiverem perseguindo. Afinal, o mundo de jogo é vivo e está em constante movimento e mudança.

Uma das maneira com que faço isso é botando em seus caminhos locações interessantes, como as que vou postar aqui na coluna Locações Instantâneas, e encontros com indivíduos ou coisas estranhas pelo mundo. São situações que deixam os jogadores instigados, surpresos ou curiosos com o que está realmente acontecendo, o que aquilo significa ou o que eu estou pretendendo apresentando isso para eles. A ideia é apresentar curiosidades interessantes sobre o cenário de campanha, histórias paralelas, rumores e indivíduos que existam no mundo. Eles podem até instigar os jogadores a seguir outro caminho, buscar outra "aventura" ou ter ligação com algo que acontecerá num futuro próximo ou distante. O encontro que apresentarei hoje eu chamo de "O Viajante Antigo".

O Viajante Antigo

Enquanto os personagens dos jogadores estiverem em uma jornada, seja indo ou voltando do local de uma aventura, de preferência um local isolado e perigoso, e tenham encontrado um abrigo "seguro" para passar a noite, um indivíduo usando roupas de viagem antigas e surradas, inclusive uma capa com capuz cobrindo parte do seu rosto os encontra e pede abrigo para a noite, pois ele está cansado e seria muito mais seguro descansar no abrigo de indivíduos como eles.

Aparentando ter por volta dos 40 anos, com um físico mediano, mas coma aparência de muito cansado, este homem pode ser avistado com uma certa distância por personagens que estiverem de vigia durante a noite. Seu nome, ele diz, é Iffalon, e ele não aparente portar nenhuma arma ou objetos de grande valor. Apenas roupas de viagem, um pouco de comida e água, e algumas moedas de cobre. O mestre pode determinar que o mesmo carrega outros objetos interessantes, como um mapa para alguma localidade especial ou algo do tipo.

Se questionado sobre o propósito de sua viagem, Iffalon diz que ele está a procura de sua família, a qual não vê há muito tempo. Ele é propositalmente vago em relação a esse tempo e não falara exatamente a quantos anos ele faz isso, ele mesmo não tem certeza.

Iffalon é na verdade uma entidade sobrenatural, talvez ligada ao Deus das jornadas e viagens, que vaga pelos caminhos do mundo testando a hospitalidade e a honra de viajantes e aventureiros. Ele não apresenta ameaças e fala calmamente com aqueles que encontra, sempre demonstrando humildade e solicitando ajuda, abrigo e companheirismo. Se tratado com cordialidade, ele oferece algumas informações sobre lugares e eventos acontecendo nas regiões próximas (algo que o mestre de jogo pode utilizar para introduzir ganchos ou passar informações úteis aos jogadores, ou mesmo amedronta-los um pouco). Se os jogadores o abordarem com hostilidade ou o mandarem ir embora, ele não reage e deixa o local, falando que é uma pena que as pessoas não sejam mais cordiais e companheiras com outros viajantes. Se atacado, no entanto, quando receber o primeiro golpe (dificuldade padrão para acertá-lo, como CA 10), ele desaparece, deixando para trás apenas suas roupas velhas de viagem, um pouco de comida e seu cantil de água.

Para aqueles que o ajudarem e oferecerem abrigo: Aqueles que forem gentis e prestativos com o Antigo Viajante receberam sua benção e serão favorecidos por ele na próxima viagem. O clima e as condições do caminho que seguirem serão as mais favoráveis possíveis, inclusive reduzindo o tempo de viagem em 25%. Encontro aleatórios hostis terão 50% de não ocorrerem ou serem facilmente evitados pelo grupo. Ademais, se o jogo utiliza uma mecânica de sorte, os personagens ganham 1 ponto de sorte adicional. Caso o sistema não utilize essa mecânica, os jogadores poderão refazer uma jogada de dados em até 1 mês e ficar com o melhor resultado.

Para aqueles que o expulsaram e o trataram com hostilidade: O Antigo Viajante toma nota dessas pessoas e infortúnio os cercará durante a jornada deles. O clima e as condições de viagem serão bastante prejudiciais, tornando a jornada mais perigosa, demorada e cansativa. Jogadas de Proteção, testes de atributos e outras coisas poderão ser exigidos pelo mestre de jogo para ver o quão bem os personagens lidam com as dificuldades, o clima cruel e os obstáculos que se encontram no caminha. Consequências ruins das falhas nesses testes podem ir desde alguns pontos de dano, dificuldade em se recuperar PVs, danos temporários em atributo físicos e atrasos na viagem aumentando o tempo da travessia em até 50%. Ademais, o azar parece perseguir o  grupo e encontros aleatórios hostis tem o dobro de possibilidade de ocorrer.

Eu usei esse encontro recentemente na minha campanha e foi uma experiência bem divertida. O grupo ficou bastante desconfiado mas acabou sendo hospitaleiro, o que gerou benefício para eles. Eles sempre esperam o pior das coisas quando aparecem no jogo e é interessante mostrar para eles que esse nem sempre é o caso.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.