quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

O que não fazer quando há mulheres ou QUALQUER outra pessoa jogando...

Pode parecer óbvio para muita gente (e para mim parece também), mas eu já vi muita gente se comportando de maneira totalmente bizarra, e muitas vezes ofensiva, na frente de jogadoras de RPG. Ou seja, muito do que eu vou escrever aqui é com base em experiência pessoal do que eu vi acontecendo por aí. Eu tenho uma esposa que joga RPG, e tenho amigas que volta e meia rolam uns dados no meu grupo (sem contar que temos uma Narradora também).

Isso sem falar nas dezenas de mulheres que eu conheci que pararam de jogar, ou que acham RPG algo idiota por comportamentos absurdos de alguns jogadores (minha esposa quando a conheci detestava RPG por causa de um grupo de homens que sempre colocava as personagens dela em situações em que seus peitos ficavam a mostra, por exemplo). Então, pensando no bem estar das mesas de jogo e das nossas amigas jogadoras e mestres de RPG, tentei fazer uma listo do que nós NÃO podemos fazer em uma mesa de jogo quando temos uma moça entre nós. Aliás, pensando melhor, essa lista serve para o que não se deve fazer com TODA e QUALQUER pessoa que joga RPG com a gente.  Originalmente essa postagem foi feita pensando as mulheres somente, pois, com certeza, é o grupo de pessoas que mais facilmente conseguimos identificar sendo afetado com isso, mas isso vale para qualquer pessoa.

1. Não pensem menos sobre elas: Não é porque a pessoa é diferente de você que ela é menos "nerd", menos "inteligente", menos "sábia" do que você em termos de jogos, livros, regras e esses tipos de coisas. Não assuma que ela desconhece o sistema, o cenário, e tudo mais. Aja como você agiria com qualquer outro jogador, se ela tiver alguma dúvida, ela vai perguntar normalmente. Acredite, não é legal ser tratado como um ignorante.

2. Elas não são impressionáveis: Não é mistério que muitos homens acham que devem impressionar as mulheres para fazer com que elas gostem deles, alguns tem necessidade de fazer isso. No caso de RPGistas, que cá entre nós não são tão descolados assim com o sexo oposto, isso pode chegar a resultados um tanto bizarros. Não façam isso, por favor. Se a moças está ali, é porque ela está ali para jogar com vocês, e elas com certeza saberão quem está sendo si mesmo ou quem está tentando se passar por algo que não é.

3. Não abuse do personagem delas desnecessariamente: Aparentemente tem pessoas bem infantis que acham que podem abusar das personagens das jogadores já que não podem fazer o mesmo com as próprias. A todo momento os ataques fazem com que seus seios fiquem a mostra, situações surgem em que, obviamente, ela estaria pelada, e coisas do tipo. Não façam isso, por favor. Isso só vai deixá-las desconfortáveis, e vai fazer você parecer um idiota.

4. Elas não são café com leite: Na direção contrária da dica acima, não pegue muito leve com elas também. Não as trate como se elas precisassem de favores e facilidades para jogar só porque são mulheres. A moral é: trate elas no jogo como trataria qualquer outro jogador, sem facilidades extras que as façam pensar que são consideradas menos capazes.

5. Olhe as nos olhos: Sim, há partes da anatomia feminina que muitos de nos acha interessantes, mas não é o local, nem a hora para ficar olhando obcecadamente pare elas. Além de deixar as pessoas totalmente desconfortáveis, mostra que você não está interessado em interagir com ela e nem em jogar RPG (o que torna a sua presença ali totalmente desnecessária). Olhe as pessoas nos olhos e foque sua atenção no jogo.

6. Use desodorante: Sério, isso é importante. E não se resume só a desodorante. Não é surpresa muita gente é pouco cuidadosa com a higiene pessoal, e se eu já fico incomodado em algumas mesas quando certos colegas vem cheirando a queijo velho, fico imaginando como outras pessoas que não são tão relaxadas como eu se sentem. Sério, tomem cuidado com isso, porque espanta não só as mulheres que jogam mas TODO mundo.

7. Não assuma que todas as mulheres são iguais (ou que todos as pessoas de um tipo são iguais: A nossa sociedade e a nossa criação nos sobrecarrega de preconceitos e esteriótipos e é difícil nos esquecer deles. É natural que algumas pessoas recorram a essas imagens pré-fabricadas para lidar com com o outro, com aqueles que não conhecem. Me lembro até hoje como minha esposa ficou um tanto irritada quando falaram para ela que todo menina tem que gostar de Sailor Moon. Assim como você e seus amigos possuem personalidades e gostos diferentes, as outras pessoas também possuem as mesmas características, sejam mulheres, homens, homossexuais ou qualquer outra pessoa.

8. Só porque ela joga com você não quer dizer que ela está interessada: Pois é. Algo triste para nós "nerds" é que a maioria de nós já foi rejeitado muitas vezes por aí (aliás, não só nós, todos sofrem diversas rejeições ao longo de suas vidas). Aprendemos até a esperar o pior, e de repente vem uma moça legal jogar conosco que parece gostar da nossa companhia (ou um moço), ri das nossas piadas, e até sai para comer uma pizza com a gente. Mas isso não quer dizer que ela tem um interessa amoroso por você, apenas que ela te considera um amigo. Eu tive um amigo que achava que qualquer menina que trocava mais de 6 palavras e um sorriso com ele, estava a fim dele. Era muito chato, tanto ouvir ele falar isso como ver a moça ficando incomodada com as aproximações dele ou pior, quando descobria que ele saiu por aí dizendo que ela estava afim dele.

9. Sem paqueras imaginárias: Não caia na armadilha de ficar tentando paquerar a moça dentro do jogo com os seus personagens (a não ser, obviamente, que ela esteja de acordo com isso). Tentar forçar esse tipo de situação com desculpa que está apenas interpretando vai deixar todo mundo incomodado e vai fazer você parecer infantil. Esse tipo de coisa só deve acontecer em comum acordo entre as partes.

10. Não dê em cima dela se não estiver preparado para um não: Não há nada de errado em se interessar em uma companheira de jogo, mas deve se ter bastante cuidado ao tentar chegar no momento de chamá-la para sair. Se você for ficar arrasado ou incomodado com uma recusa, ou ela se sentir desconfortável em continuar jogando com uma pessoa que deu em cima dela e agora a ressente, isso pode estragar a diversão do jogo não só para vocês, mas para todos do grupo. Tenha certeza de que uma possível recusa não vai afetar a dinâmica do jogo.

Bem, acho que pelo momento isso é tudo. É claro que há muitas outras coisas que não se deve fazer com uma dama a mesa, mas a maioria depende do bom senso e o simples pensar de que não seria interessante fazer isso com qualquer outra pessoa, seja homem ou mulher. Mulheres, homens, e todo tipo de pessoa deve ser tratada com respeito, da mesma forma como você gostaria de ser tratado. E vocês amigos? Já passaram por alguma experiência estranha quando uma mulher jogou com vocês? Alguém já deu a mancada de espantar uma dama da mesa de jogo? E as leitoras? Tem alguma outra coisa importante que eu esqueci de mencionar?

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.