domingo, 7 de outubro de 2012

Sendo um Jogador Melhor - Preparação

Nós temos sempre a impressão que a vida dos jogadores é muito fácil, simples e descomplicada. Que o único que deve perder algum tempo antes da sessão se preparando é o mestre do jogo. Mas isso não é verdade. Não para os jogadores mais atentos e que facilitam bastante a vida dos narradores e ajudam com o desenrolar do jogo.

É isso mesmo. Quem quer ser um jogador melhor, daqueles que o pessoal tem gosto de chamar para jogar precisa aprender que há sim alguns preparativos a serem feitos antes do jogo. São coisas que facilitam a vida do jogador, dos outros jogadores e principalmente a do mestre (que já tem trabalho demais, concordam?). Além disso, um jogador despreparado em uma mesa pode cortar o clima na hora errada e deixar todo mundo desmotivado. Sendo assim, preparei algumas dicas para os jogadores estarem mais preparados para as noites de jogo.

Esteja no Clima: Antes de ir jogar, tenha certeza que você está indo para isso, que você está preparado para passar umas três, quatro, ou mais horas jogando um jogo que vai necessitar da sua atenção, da sua interação com os outros jogadores. Se você não está no clima, está jogando só para não deixar o seu mestre desapontado (ou irritado), ou qualquer outro motivo que não seja a sua pura e simples diversão (afinal, é um jogo para se divertir), converse com seu grupo, explique o caso e vá procurar algo que goste mais para fazer. As vezes, a conversa vai fazer com que as coisas mudem e você volte a gostar do jogo, ou, no mínimo, vai permitir que você pare de jogar sem ninguém ficar chateado. Partindo da premissa que você está indo jogar porque quer, não vá para ficar navegando no Facebook, jogando Angry Birds no celular ou vendo TV. Vá para encontrar seus amigos, dividir uma aventura, jogar dados e se divertir com eles, interagindo com eles. É muito chato ter que chamar a atenção de um jogador, perguntar o que ele faz sem ele fazer a menor ideia do que está acontecendo. Isso faz com que os outros jogadores se distraiam também, puxa todo mundo para fora de história e desmotiva a continuidade da campanha. Se for ao jogo, vá para jogar e se envolver!

Conheça seu Personagem: É muito importante você conhecer o seu personagem, tanto narrativamente como mecanicamente. Saiba quem é ele, o que ele quer, porque ele quer isso e o que ele pretende fazer para conseguir essas coisas. Eu não sou daqueles mestres que obrigam os jogadores a escreverem redações com o histórico dos personagens (caso queiram, eu até gosto), mas acho fundamental que se saiba a essencia do personagem (Quem ele é? O que ele quer? Porque ele quer isso? Como ele pretende conseguir isso?) para que o jogo flua bem e verdadeiro. Além disso, é importante que o jogador conheça bem as capacidades do seu personagem. Saber o que ele pode e não pode fazer (que magias, habilidades, poderes ele possui). Em jogos mais complexos, isso é ainda mais importante, já que os combates podem demorar muito mais se a cada rodada o jogador precisar perder cinco minutos examinando a ficha de personagem e lendo no livro o que cada coisa significa e faz. Além disso, sabendo o que ele faz e pode fazer, o jogador terá mais liberdade e autonomia do jogo, podendo se destacar naquilo que é bom, tomando iniciativa quando percebe que seu personagem conseguiria resolver alguma situação.

Traga o Seu Equipamento: Outro ponto importante é a questão do que trazer para o jogo. Nem sempre o mestre vai ter tudo que todos os jogadores precisam. Então é bom você carregar seu próprio lápis, sua própria borracha, seus dados favoritos, um bloco de papel para anotações, a sua ficha de personagem, e tudo mais que você precisar para jogar (suplementos, tabelas, miniaturas). Agora, há outras coisas que você pode levar também, facilitando a vida de todo mundo: salgadinhos, refrigerantes, doces e outras coisas.

Esteja Apresentável: Essa é uma dica especialmente para quem joga na casa dos outros ou em lugares públicos. Sim, eu sei que cada um tem liberdade de se vestir como quiser. Mas gostaria de chamar atenção para o fato desse ser um jogo social, pouco difundido e bastante incompreendido. Se você vai jogar na casa do seu amigo, que vive com os pais, não vá todo rasgado, com camisa de banda de metal dos infernos, cheirando mal e tudo mais. É claro que você não precisa ir arrumadinho, mas uma calça jeans e uma camisa básica tá de bom tamanho. Gente, isso pode parecer bobagem, mas nunca é demais reforçar isso. Já tive jogadores que espantaram outros na mesa por não usarem desodorante, terem mal hálito e outras coisas, por isso, é importante atentar para isso também (as meninas que jogam agradecem).

Bem, acho que é isso. Se alguém lembrar de mais algum preparativo que os jogadores precisam fazer, é só me lembrarem aqui nos comentários.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.