sábado, 4 de maio de 2013

May the Fourth Be With You - Jogando RPG do Star Wars

O universo de Star Wars, ou Guerra nas Estrelas, é, sem dúvida, um dos mais amados e jogados entre os RPGistas em geral. Isso porque ele traz diversos elementos capazes de agradar a diferentes públicos, como fantasia, ficção científica, românce, vilões carismáticos, anti-heróis, e outras coisas. Não é atoa que seja uma franquia que rende várias incarnações entre jogos de RPG, Card Games, Board Games, e Videogames.

Falando especificamente de RPGs, esse universo teve quatro adaptações oficiais (embora algumas delas possam ter passado por revisões. Lá pelo final da década de 80, a West End Games lançou o famoso e adorado Star Wars - The Roleplaying Game, usando o sistema D6. Esse jogo foi baseado na trilogia clássica, e deu base para a criação de muitas coisas do Universo Estendido, deu nome a diversos poderes de força e tudo mais. Esse jogo passou por duas revisões, até que em 1996 saiu a segunda edição revisada e estendida (um excelente livro). Para quem quiser conhecer um pouco mais desse jogo, dá uma olhada nessa vídeo-resenha do Marcos "Salsa" Bolton, e nesse artigo que ele escreveu. Quem tiver a oportunidade de comprá-lo, não deixe passar, para muitos ainda é a melhor incarnação de Star Wars em uma mesa de jogo.

No ano 2000, a Wizards of the Coast lançou um novo RPG do Star Wars aproveitando o embalo da nova trilogia, usando o d20 system, o mesmo sistema do D&D na época (que estava bombando para todos os lados como um sistema "genérico"). Mantendo a tradição de substituir as edições dos seus jogos em intervalos de tempos ínfimos, a WotC lançou em 2002 uma edição revisada desse RPG, para, finalmente, em 2007 lançar o Star Wars - Saga Edition (devido a conclusão da nova trilogia), que mudava substancialmente o jogo, apesar de ainda ter semelhanças com o anterior. O Saga Edition é uma edição muito querida por RPGístas e tem regras que são precursoras da quarta edição de D&D. É um livro raro hoje em dia, mas que vale a pena dar uma olhada.

Agora, em 2012, a Fantasy Flight Games começou o desenvolvimento de um novo RPG da franquia, que assim como seus outros títulos terá diversos livros básicos (ganhar dinheiro com um só não é o suficiente). O primeiro a ser lançado, que poe enquanto só possui uma caixa introdutória, é o Star Wars - Edge of the Empire, para pessoas que queiram jogar com personagens que são mais neutros, menos heróis, e mais anti-heróis. São Caçadores de Recompensas, Contrabandistas, Ladrões e outros tipos sujos, no melhor estilo Han Solo. O sistema parece ser da linha dos jogos do Warhammer, com dados especiais personalizados e mecânicas complexas. Confesso que ainda não conheço, mas tenho ouvido muito bem pelo jogo.

No entanto, a verdade é que você não precisa de um sistema oficial do Guerra nas Estrelas para jogar nesse fantástico universo. Existem diversas adaptações para vários sistemas de jogo, e até mesmo jogos feitos por fãs com um sistema próprio. Abaixo listarei algumas dessas adaptações, com links para quem quiser baixá-las e conferi-las. Lembrando que esse material é feito de fã para fã e não tem nenhum intuito lucrativo.

Lightsaber Diaries (Shotgun Diaries) - Uma adaptação para The Shotgun Diaries, feita por mim mesmo, focando, principalmente, na luta contra o Império e o Lado Negro da força (Em português).
Savage Star Wars - Uma adaptação para o mais novo lançamento da editora RetroPunk, o Savage Worlds, um RPG, rápido, divertido e furioso.
Age of Rebellion (Dragon Age RPG) - Uma adaptação ainda em progresso (mas já com material para se jogar) deste universos para o sistema AGE.
Gurps Star Wars (GURPS) - Uma adaptação para a quarta edição do GURPS, o RPG genérico mais clássico que eu conheço.
Jedi Blackbird (Lady Blackbird) - Uma adaptação para o Lady Blackbird lançado por aqui pela RedBox.
Star Wars para Daemon (Daemon) - Adaptação para o sistema brasileiro Daemon.
Star Wars para 3D&T (3D&T) - Não podia faltar uma versão para esse sisteminha tão versátil.
Star Wars - Galactic Adventures - Um RPG feito por fãs no estilo dos RPGs da década de 70, época da trilogia clássica. Vale muita a pena conferir!

Bem, ficamos por aqui. Eu sou fãzasso de Guerra nas Estrelas e sempre tive vontade de montar uma campanha nesse universos, quem sabe ali entre a trilogia nova e a clássica. Agora só basta escolher o sistema e rolar os dados!

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.