quinta-feira, 25 de abril de 2013

Resenha - Spinechillers and Silent Killers - Incrementando seus Jogos de Fantasia

Todos estavam felizes com a sorte que tiveram de encontrar aquela mansão em um lugar tão isolado. Estavam a dias vagando pela charneca gelada, com a comida quase acabando, esperando apenas a morte lhes alcançar.

Joermund estava especialmente satisfeito com a situação. A anfitriã que os recebeu, Maerlith, era de uma beleza que nunca tinha visto. Seus cabelos vermelhos como o fogo, sua pele clara como a neve, eram uma visão quase hipnotizante para aquele homem do sul. Mais feliz ainda, ficou quando percebeu que sua afetividade era correspondida pela donzela. Isso só o fez ficar mais horrorizado ao encontrar a lápide de sua amada nos fundos do casarão, uma certa manhã nublada.

Spinechillers and Silent Killers é um suplemento com ideias, dicas, e conselhos para mestres que querem acrescentar algumas coisas diferentes nos seus jogos de fantasia. Escrito por David Morris, esse livro trás uma série de tabelas e dicas para acrescentar elementos de terror, suspense, esquisitices e outras coisas à sua mesa de jogo. O livro trás eventos que podem acontecer na aventura, armadilhas, encontros, e várias outras coisas prontas para serem usadas.

O livro começa com uma pequena introdução onde é apresentado o objetivo da obra: Injetar algo novo no jogo, trazendo de volta o senso de estranheza e magia da experiência que os jogadores de RPGs novos possuem. Essa parte trás algumas considerações sobre o conteúdo do livro, e a necessidade de se entrar em um acordo sobre o tipo de jogo que se pretende jogar, já que algumas coisas que ele trás são voltadas para um público mais maduro.

O que se segue é uma explicação de diversas categorias de encontros e conteúdos que levou à produção das tabelas do livro, e dicas de como utiliza-las no jogo. As categorias são: Arrepiante (Creepy), Cruel (Grimy), Duro (Gritty), Sorte (Lucky), Risco (Risky), e Assustador (Scary).

O resto do livro trás o grosso do conteúdo, com tabelas e mais tabelas de elementos, encontros e ideias para diversas situações que podem ser usadas na mesa de jogo, seja para criar aventuras, momentos únicos, e outras coisas. Temos uma seção que fala sobre diversas coisas que se pode fazer com prisioneiros que não seja simplesmente matá-los (como recrutá-los, usá-los como espiões, vendê-los como escravos). Há um gerador de segredos obscuros para NPCs, dando mais profundidade a eles. Uma série de ideias para coletores de débitos, desde guilda de assassinos, demônios, e guilda de mercadores. E assim vai, com ideias de esportes diferentes e exóticos para jogos de fantasia, encontro com fugitivos, comidas locais estranhas, acasos azarados que podem acontecer, coisas para se gastar o precioso dinheiro que se acumula com os personagens, presságios estranhos, leis ridículas, carroças desgovernadas contendo coisas estranhas, complicações para aventuras, acontecimento arrepiantes, truques e armadilhas (mais de 100), lugares desagradáveis, e muito mais.

É um livro muito interessante para quem precisa de algumas ideias frescas e divertidas para sua mesa típica de fantasia. A maioria das cosias do livro tendem para uma atmosfera mais sinistras e sombria que o típico jogo com elfos, anões, fadas, e dragões coloridos, mas tudo pode ser adaptado (e é interessante variar um pouco). E o melhor de tudo isso? O PDF do livro está apenas US$ 7,99 no RPGNow. Não sei se haverá uma versão física, impressa, mas poderia ser bem útil para uma consulta rápida na hora do jogo.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.