terça-feira, 26 de novembro de 2013

Hero Quest está de volta! Edição de Aniversário de 25 Anos!

Eu não sou muito de postar notícias aqui pelo blog. Já tem muitos que fazem isso e eu prefiro me concentrar em artigos mais uteis com coisas para usar no jogo, ou reflexivos, para pensarmos como estamos jogando e essas coisas (além, é claro, de mostrar o progresso na criação do Bruxos & Bárbaros). Mas, as vezes, não dá para deixar de falar de umas novidades tão incríveis e sensacionais, que elas me fazem sentir como uma criancinha vendo um brinquedo novo e gritando "Eu quero! Eu quero! Eu quero!". E quando isso acontece, eu tenho que compartilhar com vocês!

Heroquest está de volta em um financiamento coletivo para uma edição "fodástica" de 25 anos. Para quem não conhece esse jogo, ele é uma espécia de "Dungeon Crawl" de tabuleiro, com regras bem simples, e um formato de jogo que deixa o tabuleiro customizado. O jogo vem com várias miniaturas de heróis, monstros, e objetos em uma masmorra. Assim como o popular (atualmente) Zombicide, há um cadernos de missões que dá um objetivo para o jogo e determina onde estão as coisas no tabuleiro. Pelo jogo você pode achar tesouros, armas mágicas, monstros aleatórios, magias poderosas. É muito divertido. E o jogo é colaborativo também.

Mas isso não é tudo. Essa edição nova pretende trazer muitas novidades. O tabuleiro vai ter dois lados, com modos de jogo distintos. Pelo que eu ouvi dizer, o outro lado, ao invés de uma masmorra, vai ter um espaço aberto, para aventuras em ambientes selvagens. Haverá, também, novas opções de personagens, ao menos 15 heróis diferentes, e vários, eu digo vários "Stretch Goals" que são metas adicionais que vão sendo alcançadas com o financiamento coletivo e são acrescentadas ao jogo.

Falando nisso, o financiamento já está no ar e já está garantido, com mais de 400% de metas alcançadas, isso apenas no primeiro dia. Mas agora está na hora de falar do lado doloroso, não é? O custo dessa brincadeira. Aqui a sinceridade é que vai imperar, ok? São cinco níveis de financiadores. O primeiro, com um valor aproximado de 20 dólares, te dará apenas as miniaturas dos 8 heróis básicos do jogo. Esse é, provavelmente, um nível para aqueles que só querem as miniaturas para usar com seus jogos em casa, não interessa muito a gente. O segundo nível segue esse esquema também, fornecendo todos os elementos de cena (não sei se todas as miniaturas ou apenas os objetos como baús, mesas, armários) por cerca de 60 dólares. Legal, mas não vem o jogo, que é o que queremos.

A brincadeira começa a ficar séria no terceiro nível de contribuição. Por 89 dólares você leva a caixa básica, com o tabuleiro, o escudo do mestre, os 8 heróis básicos e tudo que vinha na edição original (mas com um material bem melhor), só que nenhuma das metas adicionais. Legal. Depois, por 110 dólares, você pode levar essa caixa básica, mais os 15 heróis novos. Melhor ainda. 15 heróis a mais por 20 dólares, acho que vale. Mas ainda não te dá direito a nenhuma das metas extras que forem alcançadas.

Então vem o último nível de financiados. Por 150 dólares você leva a caixa básica, 15 heróis extras, e todas as recompensas extras. E gente, vocês não estão entendendo. Pelo ritmo de contribuições, haverão muitas metas extras. Pelo que vi, já vai ter mais monstros, uma espécie de armadilha com uma bola de pedra gigantes "a lá" Indiana Jones, prisioneiros para resgatar no tabuleiro, cartas de magia em branco para criamos coisas, e muito mais está por vir. Essa é a que mais vale a pena, sem dúvida. É só ver que mais de 80% dos financiadores estão escolhendo essa recompensa.



Mas, para nós Brasileiros, o buraco é mais embaixo. Além de tudo isso, o custo do frete deve ser por volta de 45, 50 dólares. Gente, é um jogo de tabuleiro bem grandinho, com muitas miniaturas, peças e essas coisas. A caixa é larga, grande, e provavelmente um pouco pesada. Esse valor aí, é bem justo, sem contar que a companhia está dizendo que vai garantir as entregas, com fretes rastreados, que poderemos acompanhar desde quando sair até chegar em nossas casas. Ou seja, se ele se perder e sumir, eles terão que te enviar outro. E ainda temos o nossos amiguinhos da Alfândega.

Há algumas possibilidades aqui. Você pode ser muito cagão, ou ser um escolhido pelos deuses do RPG (salve Gygax & Anerson), e sua encomenda passar direto, sem ser taxado nada. Seu investimento vai ser só esse, uns 200 dólares (assumindo a recompensa máxima e o frete). Hoje isso seria por volta de uns 480, 500 (tem IOF galera) reais, por aí. Mas, a maioria não vai ter tanta sorte. Se a encomenda vier por correio normal, vamos ter que gastar uns 60% a mais, devido ao regime de tributação simplificada. Ou seja... mais uns 120 dólares, o que deve sair, se fosse hoje, quase 300 reais. Mas, se por acaso o jogo vier por transportadora, tipo Fedex, UPS, e essas coisas, o tributo pode chegar a 98%, e aí gente, o custo total pode chegar perto dos mil reais.

A consolação é que vai ser parcelado. Você vai pagar o custo do jogo agora, ou seja, uns 150 dólares, por volta de 360 reais (agora não, lá no ano que vem, já que o cartão de crédito só é cobrando quando o financiamento termina). E o Frete e os impostos só quando o jogo for enviado, e a previsão é para o final de 2014. Ou seja, é muita facada, mas dá para ir parcelando a dor e a hemorragia aos poucos. O financiamento ainda não está claro se devemos colocar o valor do frete agora, ou seremos cobrados depois. Assumo que deva ser depois, quando eles forem enviar, já que o preço do frete pode mudar até o ano que vem, mas eles devem fazer uma atualização no financiamento deixando isso mais claro.

Enfim, essa brincadeira pode sair bem cara. Mas quer saber, esse é um jogo que eu acho que vale a pena, e ponho minha mão no fogo por ele. Ele é bem simples, rápido, divertido, e tem na medida certa, para mim, elementos de RPG e Boardgame misturados. Se eu fosse vocês, não perderia essa oportunidade. Clique no link abaixo e vá direito decretar sua falência!


Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.