quarta-feira, 16 de março de 2016

Crônicas de Bruxos & Bárbaros - Movido a FATE - Prefácio

As sombras da noite se espalhavam pelas ruelas de Mezzanthia como a tinta negra do polvo em uma falha de pergaminho úmida. Aos poucos, as ruas da antiga Cidade-Estado ia perdendo os artesões, mercadores, trabalhadores e outras pessoas de boa reputação para ganhar os recém despertos ladrões, falsários, contrabandistas, meretrizes e outras de sorte similar. Mais uma noite de trabalho se iniciava, e Azhir e Horgar se dirigiam para a velha torre do Feiticeiro Sem Olhos, que segundo suas fontes, falecera naquela manhã. Era uma questão de horas, ou talvez minutos, antes que a Guilda dos Ladrões soubesse e levasse tudo que havia de valor de lá...

Contos de Espada & Feitiçaria e jogos de RPG estão ligados desde o nascimento do nosso hobby. As histórias de Conan, Fafhrd e Grey Mouser, Elric e tantos outros foram fortíssimas influências na criação do jogo de fantasia original, sendo responsáveis, inclusive, pelo desenvolvimento de muitas mecânicas do jogo. No entanto, este gênero de literatura fantástica pulp foi perdendo espaço ao longo dos anos, por isso não podemos deixar que ele desapareça.

Em 2012, se não me falha a memória, comecei o desenvolvimento do Bruxos & Bárbaros, um sistema próprio de RPG para jogos de Espada & Feitiçaria ambientado no mundo ficcional de Anttelius. O sistema em si recebeu boas críticas por quem o conheceu mas, sem dúvidas, o que chamou mais a atenção de quem o jogou foi a ambientação e o clima do jogo que difere bastante da fantasia contemporânea. E é esse cenário que agora eu quero trazer para um grande sistema de jogo: FATE.

FATE lançou a sua última versão em 2013 e se mostrou um nome de peso no cenário RPGístico mundial. Com um sistema flexível, modular e capaz de simular o gênero de aventura com grande capricho, este RPG parece ser um ótimo veículo para histórias de Espada & Feitiçaria e por isso, para o mundo de Anttelius. A sua inclinação para criação colaborativa de cenários, situações e personagens também se alinha com a maneira de jogo com a qual mais me identifico, favorecendo o improviso, a liberdade e deixando os jogadores livres para criarem suas próprias histórias, de acordo com as ambições de seus personagens. O que fica totalmente em sintonia com os protagonistas das histórias clássicas de Espada & Feitiçaria.

Surge então o Crônicas de Bruxos & Bárbaros - Movido a FATE, um RPG completo, com regras adaptadas para um cenário de Espada & Feitiçaria, focado na criação colaborativa dos jogadores, geração de conteúdo de forma espontânea, improvisação, e aventura pulp em um mundo decadente, influenciado pelo melhor da literatura do gênero e suportado por um sistema rápido, flexível e cinemático. Com ele, você poderá se sentar a mesa com seus amigos e gerar uma aventura emocionante em poucos minutos para se divertir por muitas horas, ao mesmo tempo em que vai dando forma e cor a um mundo fantástico e estranho.

Amarre sua espada favorita em seu cinto, encha o seu odre com seu vinho ou cerveja preferido, e parta em uma jornada por terras desconhecidas em busca de tesouros perdidos e segredos esquecidos. Escreve suas própria Crônicas de Bruxos & Bárbaros.

Diogo Nogueira – 16 de março de 2016

P.S.: Surgiu a oportunidade de publicar a minha adaptação de Espada & Feitiçaria para FATE por uma editora nacional. Uma oferta realmente irrecusável. Espero que concordem comigo!

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.