domingo, 25 de novembro de 2012

Pontos de Experiência no 2º Nível

Faz exatamente um ano que comecei esse blog para falar de uma das cosias que eu mais gosto: Roleplaying Games, os RPGs. Eu gosto de jogar RPGs, eu gosto de ler RPGs, eu gosto de falar sobre RPGs, eu gosto de produzir material para RPGs, e, agora, estou adorando fazer um RPG meu. Por isso eu criei esse blog pessoal, para falar sobre as minhas ideias, gostos, criações. É um blog, principalmente, voltado para mim mesmo, um pouco egoísta, eu sei, mas é verdade. Eu queria um lugar para deixar gravadas as ideias que eu tinha, para poder consultar depois. Um lugar para deixar registradas coisas das minhas mesas de jogo. Uma atividade para passar a tempo e me distrair.

Por sorte, assim como eu, outras pessoas compartilham essa paixão também, e acabaram conhecendo o blog e o visitando regularmente. Além disso eu acabei conhecendo diversos outros blogueiros desse universo brasileiro de RPGistas. Acho que posso até dizer que fiz amizades novas por meio desse blog, o que é muito bom e vai muito além do que eu espera alcançar com ele. Até trabalho para pequenas editoras e autores lá de fora eu consegui, de alguma forma, graças a esse pequeno blog que faço só por gosto.

Agora, depois de doze meses, mais de 250 postagens, 750 comentários, 90.000 cliques (ou visitas, sei lá), e muitas pessoas legais que passaram por aqui, venho fazer essa postagem, com uma retrospectiva rápida do ano que passou. Vou citar doze postagens passadas, uma para cada mês, que acho, particularmente, interessantes, e que é bom reler e relembrar, para quem já as conhece (quem não as viu antes, essa é uma boa chance). Não tenho a pretensão de dizer que essas são postagens essenciais. Elas são apenas alguns textos que eu gosto, nada mais. Vamos a elas?

1. Resenha do The One Ring - Adventures over the Edge of the Wild: A primeira resenha feita nesse blog, sobre um dos meus RPGs favoritos e que acaba de ser lançado pela Devir. Na minha opinião, ele é o mais fiel de todos os já lançados a obra do professor Tolkien.

2. Mulheres no RPG: Um texto um pouco reflexivo sobre o papel das mulheres nas mesas de jogo, sejam como jogadoras, mestres ou personagens. Acho um texto legal para os marmanjos de plantão darem uma lida e uma analisada em como eles tem apresentado o sexo feminino em seus jogos (Ah, e muitas moças gostaram do texto também!).

3. Preparando-se para Improvisar: Uma postagem falando sobre como se preparar minimamente para uma seção de RPG em que você vai mestrar mais com base nas ações dos jogadores e improviso do que em uma aventura já pronta e toda detalhada. Bastante útil, na minha opinião.

4. RPG Old School - Que Troço é Esse?: Uma das primeiras postagens do blog falando sobre RPGs "Old School" e como eles eram e são jogados. Coisas como desafiar os jogadores ao invés dos personagens, dar mais importância ao julgamento do mestre do que às regras escritas e outras coisas típicas desses jogos.

5. Masmorras Old School: Um texto sobre algumas características que faziam as masmorras de antigas aventuras mais interessantes, desafiadores e misteriosas. São 12 características que podem, e devem, ser implementadas em aventuras que se passam nesses ambientes que são, praticamente, um ícone do nosso hobby.

6. Diga "Sim" aos seus jogadores e melhore seus jogos: Um artigo falando da importância de aceitar as propostas e ideias dos jogadores para deixar a mesa mais participativa e criativa. Isso deixa eles mais confiantes quanto a criatividade deles, mais participativos no jogo e ainda proporciona ao mestre muitas ideias.

7. Aumentando a tensão na mesa: Algumas dicas para deixar a mesa mais tensa, e nervosa para seus jogadores. Cansado de vê-los jogarem seus dados calmamente, como se nada demais estivesse acontecendo? Essas dicas talvez ajudem você a deixá-los nas pontas das cadeiras.

8. Acertando em cheio com aventuras "One-Shot": Uma postagem com dicas e conselhos sobre como preparar uma aventura para encontros, eventos e mesas que só vão durar uma seção. Uma ótima alternativa para você que tem uma porção de livros que não experimentou ainda e está querendo conhecer mais jogos.

9. Um pouco sobre Jogos de Narrativa Compartilhada: Um texto com explicações, dicas e conselhos para quem for jogar jogos de narrativa compartilhada, como Fiasco, Violentina, Shotgun Diaries, e outros. É um bom texto que já vi ajudar algumas pessoas mais acostumadas com o jeito tradicional de se jogar RPG a entenderem como funcionam esses jogos mais soltos.

10. Achando Armadilhas e Passagens Secretas - Old School Style: Algumas dicas de como conduzir e preparar aventuras e ambientes em que esses elementos sejam achados pelos jogadores através do método mais divertido que existe: Interação com o Narrador. Nada de jogar dados e falar "Vou dar Search".

11. Um Tributo Á Mãe de um Jogador de D&D: Um texto comovente e inspirador sobre como uma mãe de um jogador de uma pequena cidade americana, que tinha preconceitos descabidos com o nosso jogo, foi importante e o fez começar a jogar AD&D (sim, eu chorei lendo isso).

12. Projeto Bruxos & Bárbaros - O Começo da Jornada: O primeiro artigo divulgado sobre a minha nova empreitada, o RPG Bruxos & Bárbaros. Ano novo, novos desafios, correto? De agora em diante, nesse ano que se inicia para o Pontos de Experiência muita coisa vai ser dita e desenvolvida para esse jogo, que estou fazendo, assim como esse blog, pensando em mim mesmo, de forma egoísta. Mas tenho certeza de que outros vão gostar também, já que está sendo feito com paixão.

Bem, é isso aí. O blog chega a seu segundo ano, passa de nível e, agora, é nível 2! Espero, um dia, chegar a níveis épicos com ele e ter uma legião de amigos RPGistas com os quais possa dividir XP, tesouros, e muitas outras aventuras. Foi um ano muito legal, que o próximo seja ainda mais!

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.