terça-feira, 26 de julho de 2016

Está na hora de conhecer Lamentations of the Flame Princess

Quanto tempo, não é? Pois é. Ando bastante ocupado com os preparativos para a GENCON deste ano e escrevendo algumas coisas para DCC RPG. Mas hoje eu venho com uma mensagem muito importante para você que procura alguma coisa nova, interessante e fora da mesmice que permeia o mundo RPGístico moderno: CONHEÇA LAMENTATIONS OF THE FLAME PRINCESS!

Para quem não sabe, o Lamentations (LotFP) é um RPG da escolha Old School, parte da OSR, mas que tem uma abordagem de temas bastante adulta, inovadora, com um foco em horror, fantasia estranha e fantasia histórica. Ah, sim. E totalmente sem censura. A ideia do criador, o genial James Edward Raggi III, é que se essa história de aventureiros adentrando masmorras antigas e esquecidas, lugares proibidos, cheios de monstros e com tesouros enterrados fosse real, isso seria extremamente perigoso. Só loucos fariam isso. Afinal, se fosse fácil, não haveriam mais tesouros lá, não é?

Com influências como H.P. Lovecraft, Clark Ashton Smith, Edgar Alan Poe e outros autores, assim como bandas de black metal, filmes de horror e outras loucuras da mente do Raggi, esse RPG conta com autores renomados que criam aventuras completamente únicas e imprevisíveis (Zak S., Jobe Bittman, Rafael Chandler, Zzarchov Kowolki). Aqui você não encontrará aqueles "plots" batidos de salvar a cidade de goblins, recuperar a caravana atacada por orcs ou coisas do tipo. É provável que você sequer escute a palavra "orcs" e "goblins". Tudo é novo, diferente e... assustador. Outra coisa, se você e seu grupo gostam de desafios, coisas estranhas, clima tenso e imagens chocantes, o Lamentations of the Flame Princess é um prato cheio.

O foco deste jogo é justamente as aventuras, cenários e suplementos que eles lançam. O sistema de regras é bastante similar ao clássico D&D do início dos anos 80, com algumas modificações e uma reescrita que o torna um pouco mais sombrio e adulto (principalmente em relação às magias). As aventuras, por sua vez, são independentes e bastante abertas. Raggi se preocupa em nunca arrumar uma história pronta para ser contada e se certifica que o que ele publica são situações a serem experimentadas e resolvidas (geralmente, prestas a acontecer uma catástrofe). Assim, não há "Adventure Paths". Algumas aventuras e suplementos são tão bons que eles servem para qualquer outro jogo e geram conteúdo quase infinito, como Vornheim, um suplemento de uma cidade fantástica que eu uso no DCC RPG, por exemplo.

Quem quiser conhecer o jogo antes de investir uma grana, podem passar no site deles (http://www.lotfp.com/RPG/) e baixar uma porção de conteúdo gratuito, incluindo o livro de regras sem arte e algumas aventuras (incluíndo a sensacional campanha Better Than Any Man). Mas quem já não tem dúvida de que esse é um jogo que você PRECISA conhecer, aproveitem os dias restantes do Bundle of Holding que está com uma oferta incrível! Por 13 dólares você leva uma coleção básica, que já e excelente! Mas com um pouco mais de 23 dólares você vai levar um monte de coisas extras que vai te manter entretido por ANOS! Vale muito a pena!

Clique aqui e contribua para o Bundle of Holding (parte da grana vai para uma entidade de caridade escolhida pelo Raggi): https://bundleofholding.com/presents/Lamentations

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.