sexta-feira, 15 de março de 2019

A Importância da Comunidade para os RPGs Independentes

Há alguns anos, a internet era uma mão na roda para autores independentes e criadores de conteúdo sem apoio de grandes editoras e da mídia. Você tinha um blog, publicava um livro de tiragem baixa e divulgava por aí nas redes sociais, fóruns e tudo mais e vários outros autores, blogueiros e tudo mais compartilhavam esse conteúdo e divulgavam o trabalho um dos outros. Isso raramente ocorre hoje em dia.

Primeiramente, as redes sociais e a internet deixaram de ser um lugar de compartilhar coisas e dar visibilidade para todos. Agora o que manda é o dinheiro. Não importa se você tem uma página com 15 mil curtidas. Se você não investir grana, não vai conseguir nem que 10% dessas pessoas veja seu conteúdo.

Os blogs que antigamente propagavam uns aos outros, em sua imensa maioria, ou deixaram de existir ou se “profissionalizaram” e agora são patrocinados. Quer que falem do seu projeto? Tem que pagar. Quer que algum canal fale do seu jogo ou jogue ele online? Patrocínio. Isso não acontece com todos, esse canais, obviamente, mas com a imensa maioria.

Repare que não estou dizendo que isto é errado e que deveria parar, só estou apontando para o que acontece. Todo mundo tem direito de ganhar dinheiro com o trabalho de cada um. Autores independentes raramente tem como pagar por esses serviços e por isso ficam negligenciados e na obscuridade.

A única saída, então, é contar com a comunidade, ainda que pequena, que curte o jogo e o autor. O apoio destas pessoas é fundamental, não apenas de maneira monetária, até porque estes projetos geralmente têm custos pequenos, mas também na divulgação e exposição do material criado. O melhor meio de exposição para criadores independentes é a exposição orgânica, o boca a boca, e na internet isso acontece comentando sobre essas criações, compartilhando links para os sites deles, levando estes jogos a eventos, falando eles em comunidades e esse tipo de coisa.

O que eu diria, então, é que se você gosta das criações de algum autor, criador, artistas ou alguma pessoa assim, comente nas postagens delas, nem que seja um coraçãozinho. Compartilhe as mesmas com seus amigos e em seus grupos. Exponha a criação deles a mais pessoas em eventos e fora da internet como você puder. Leve esses links para outros sites e redes sociais. Toda ajuda é muita ajuda, e vai deixar o autor que você curte mais motivado para continuar criando. E acredite, ele precisa de toda motivação que conseguir, já que dificilmente ele está fazendo isso pelo “dinheiro”, que é bem pouco nas publicações independente e provavelmente trabalha com outra coisa e tem diversos “afazeres” da vida contemporânea além de criar esse conteúdo legal.

Então é isso. Apoie criadores que você curte. Divulgue o trabalho deles. Fale com eles. Fale sobre eles. A obra deles depende principalmente disto.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.

2 comentários:

  1. interessante notar como as coisas mudam, se tornam mais estruturadas ou se adaptam a novos paradigmas. continue postando sempre no blog diogo

    ResponderExcluir